Conor O'Brian

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Conor O'Brian
Ryan O'Reilly.jpg
Informações pessoais
Nascimento 6 de fevereiro de 1980 (36 anos)[1]
Grand Rapids, Michigan,  Estados Unidos[1]
Carreira na luta livre profissional
Nome(s)
de ringue
Conor O'Brian[2]
Payne[1]
Rough House O'Reilly[3]
Ryan O'Reilly[1]
Altura
anunciada
1.96 m[4] [5]
Peso
anunciado
116 kg[5]
Estreia 2001[1]
Site

Ryan Parmeter[2] (Grand Rapids, 6 de fevereiro de 1980)[1] é um lutador de wrestling profissional estadunidense. Ele atualmente trabalha para a WWE no território de desenvolvimento WWE NXT, onde usa o ring name Konnor. Ryan fez parte da quarta temporada do NXT.[5] [6]

Depois de passar quatro anos lutando no circuito independente como Ryan Payne O'Reilly, Parmeter assinou um contrato com a WWE em 2005, e foi designado para o território de desenvolvimento, a Deep South Wrestling (DSW), onde lutou como Rough House O'Reilly.[2] [3] Ele ganhou o DSW Heavyweight Championship duas vezes, antes de ir para a Florida Championship Wrestling (FCW). Ele também apareceu em várias dark matches antes do Raw e SmackDown, e em vários house shows da ECW. Em outubro de 2007, tanto Parmeter e sua namorada, Krissy Vaine, pediram para serem liberados de seus contratos com a WWE, alegando motivos pessoais.[7] [8]

Depois de sua liberação, Parmeter ficou um tempo fora do wrestling, antes de estrear pela NWA Charlotte em fevereiro de 2009. Em julho de 2010, re-assinou com a WWE, e voltou a FCW, onde ele começou a lutar como Conor O'Brian. Em novembro de 2010, ele foi anunciado como participante da quarta temporada do NXT.Ele faz parte da equipe The Ascension junto com viktor.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Treinamento e início de carreira (2001 – 2005)[editar | editar código-fonte]

Parmeter treinou na School of Hard Knocks no sul da Flórida com Rusty Brooks, e fez sua estréia no wrestling profissional em 2001.[2] [1] Ele passou a competir na promoção de Brooks, a Four Star Championship Wrestling (FSCW) como Ryan Payne O'Reilly, e formou uma tag team com Jeff "J-Dawg" Brooks, conhecidos como "Irish Thug Connection".Juntos, a Irish Thug Connection ganhou o FSCW Tag Team Championship,[9] e passou metade de 2004 rivalizando com Norman Smiley.[10] [11] O'Reilly também competiu pela Coastal Championship Wrestling (CCW), e ganhou o CCW Heavyweight Championship.[2] Ele lutou pela Total Nonstop Action Wrestling nos primeiros shows da promoção.[7]

World Wrestling Entertainment (2005 – 2008)[editar | editar código-fonte]

Depois de quatro anos no circuito independente, O'Reilly assinou um contrato com a World Wrestling Entertainment (WWE) em 2005.[2] Ele foi designado território de desenvolvimento da WWE, a Deep South Wrestling (DSW) como Rough House O'Reilly, e fez sua estréia no show inaugural da DSW em 1 de setembro, e foi derrotado por Jack Bull .Ao longo dos meses seguintes, ele enfrentou diversos lutadores, incluindo "Big Time" Nick Mitchell, Mike Mizanin, Shawn Schultz, Derrick Neikirk,[12] Eric Pérez e Freakin Deacon. Em dezembro, ele apareceu em uma dark match antes da gravações do SmackDown!.

No início de 2006, O'Reilly tirou uma licença. Após seu retorno, ele e Danny Germundo entraram em um torneio pelo DSW Tag Team Championship, mas foram eliminados pelo Team Elite (Mike Knox e Neikirk) em 11 de maio.[12] Ele defendeu com sucesso o título contra Knox, Neikirk,[12] e Montel Vontavious Porter.[13] Em 7 de setembro, O'Reilly perdeu o cinturão para Bradley Jay. Durante meados de 2006, O'Reilly fez várias aparições em house shows da ECW, em parceria com Neikirk contra The FBI (Little Guido e Tony Mamaluke).[12] Era previsto para que O'Reilly se tornar parte do roster regular da ECW em setembro, mas violou o Programa de Bem-Estar da WWE, e foi suspenso por 30 dias.[2]

Quando ele voltou, ele se tornou o assistente pessoal da gerente geral da DSW Krissy Vaine.[2] Em dezembro, O'Reilly apareceu em um episódio da ECW om Sci Fi como um dos personal enforcers de Paul Heyman juntamente com Doug Basham.[2] Em março de 2007, O'Reilly venceu o DSW Heavyweight Championship pela segunda vez.[7] Ele perdeu o cinturão para Bradley Jay, uma semana depois. O'Reilly e Eric Perez foram programados para enfrentar The Samoans (Afa Jr. e Sonny Siaki) no evento principal do último show da DSW, mas ele e Perez foram substituídos pelos The Major Brothers.[14] Durante meados de 2007, O'Reilly apareceu em dark matches antes do Raw e Smackdown contra Sylvan Grenier, Chuck Palumbo, Super Crazy, Cody Rhodes e D'Lo Brown.[2] [15] Ele apareceu brevemente na Florida Championship Wrestling (FCW), outro território de desenvolvimento da WWE, onde Lacey Von Erich e Maryse atuaram como sua valet.[2]

Em outubro de 2007, Parmeter e sua namorada Krissy Vaine solicitaram e obtiveram sua liberação da WWE.[2] Eles alegaram problemas de saúde sofridos por membros de ambas as famílias.[2] [7]

Tempo livre e circuito independente (2007 – 2009)[editar | editar código-fonte]

Em outubro de 2007, Parmeter afirmou que afastado do wrestling.[16] Ele voltou a lutar em fevereiro de 2009, trabalhando para NWA Charlotte.[2] Ele lutou contra Truitt Fields pelo Heavyweight Championship, mas foi derrotado. Após a perda, O'Reilly formou uma aliança com Mikael Judas e Phill Shatter chamada III, que durou até o fechamento da promoção.

Retorno a World Wrestling Entertainment (2010 - Presente)[editar | editar código-fonte]

Florida Championship Wrestling (2010 – Presente)[editar | editar código-fonte]

Parmeter foi assinado novamente com a WWE em 14 de julho de 2010, e foi transferido para o território de desenvolvimento a FCW.[17] Aos de gravações do programa da FCW em 24 de setembro, Parmeter começou a trabalhar sob ring name Conor O'Brian. O'Brian era um membro da The Ascension com Ricardo Rodriguez, Tito Colon, Kenneth Cameron e Raquel Diaz.

Em 28 de agosto de 2011, Ricardo Rodriguez anunciou a formação de uma stable chamada The Ascension, com os membros, incluindo O'Brian, Kenneth Cameron, Tito Colon, e Raquel Diaz.[18] A primeira luta a incluir todos os membros aconteceu em 01 de setembro de 2011, com Cameron, Colon e O'Brian, acompanhado por Diaz, derrotando CJ Parker, Donny Marlow e Johnny Curtis.[19] Em 30 de setembro, Cameron e Colon tiveram a chance de conquistar o FCW Tag Team Championship, mas perderam para os campeões CJ Parker e Donny Marlow. Em outubro, The Ascension deixou de ser associada com Rodriguez. No final de novembro, The Ascension se desfez porque O'Brian se lesionou, Colon tinha sido chamado para integrar o roster principal da WWE, e Diaz tornou-se Queen of FCW e se distanciou do grupo. Cameron se tornou o único "sobrevivente" da Ascension e ele continuou a usar o personagem que interpretava no grupo, durante suas aparições. Em 15 de março de 2012, Cameron foi acompanhado até o ringue por Conor O'Brian na sua luta contra Byron Saxton, a luta terminou em desqualificação quando O'Brian interferiu. Cameron e O'Brian começaram a lutar como uma dupla com o nome de The Ascension e a sua primeira luta aconteceu em 23 de março, quando os dois derrotaram Jason Jordan e Xavier Woods.[20] The Ascension sofreu sua primeira derrota quando o perderam para Corey Graves e Jake Carter, em uma disputa pelo título de duplas.[21]

NXT (2010–2011; 2012 - Presente)[editar | editar código-fonte]

Em 30 de novembro de 2010, durante a season finale da terceira temporada do NXT, foi anunciado que Parmeter, sob o ring name Conor O'Brian, seria um cpmpetidor da quarta temporada, com Alberto Del Rio como seu mentor.[6] [22] Ele fez sua estréia no ringue da NXT na semana seguinte, em parceria com Del Rio para derrotar o novato Derrick Bateman e seu mentor Daniel Bryan.[23] O'Brian venceu seu primeiro desafio no episódio da NXT de 04 de janeiro de 2011, quando ganhou a 'Battle of the Mic Challenge' para ganhar quatro pontos de imunidade.[24] Duas semanas depois, em 18 de janeiro de O'Brian foi o segundo competidor eliminado do NXT. Mais cedo naquela noite, O'Brian lutou contra Ricardo Rodriguez, e foi derrotado.[25]

Em março de 2011, O'Brian foi selecionado como um dos seis ex-competidores do NXT para retornar para a quinta temporada, o NXT Redemption. Durante esta temporada, O'Brian teve como mentor Vladimir Kozlov.[26] Mais tarde ele foi eliminado da competição no episódio do NXT em 28 de junho de 2011.

Em junho de 2012, Cameron e O'Brian (como The Ascension) estrearam no primeiro episódio da sexta temporada da WWE NXT gravado na Full Sail University, onde derrotaram Mike Dalton e CJ Parker.[27]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Parmeter começou a namorar Kristin Eubanks em 2006.[7] Em uma entrevista em outubro de 2007, Parmeter anunciou que os dois estavam noivos.[16]

No wrestling[editar | editar código-fonte]

  • Movimentos de finalização
    • fall of man(flapjack procedido por um running leg drop atras da cabeça do oponente)
      • stockade(headscissor ambar)
        • Roof Top Drop[1] (Full nelson slam)
  • Movimentos secundários
    • body avalanche
      • Russian legsweep[1]
        • Com Viktor
          • Fall of Man (legsweep de (konnor) / voar european uppercut de (viktor) combinação)
  • Temas de entrada
    • ''rebellion'' por cfo$(nxt;2014-presente;usado como parte da the ascension)
      • ''anchor(instrumental)'' por that noise (nxt;2013)
        • "Let Battle Commence" por Daniel Nielsen (Usado enquanto parte da The Ascension)

Títulos e premio[editar | editar código-fonte]

  • Coastal Championship Wrestling
    • CCW Heavyweight Championship (1 vez)[2]
    • CCW Tag Team Championship (1 vez) – com Sean Allen[1]
  • Four Star Championship Wrestling
    • FSCW Heavyweight Championship (1 vez)[2]
    • FSCW Tag Team Championship (1 vez) – com Jeff "J-Dawg" Brooks[1]
  • Georgia Championship Wrestling
    • GCW Heavyweight Championship (1 vez)[1]
  • Kings of Pro Wrestling
    • KPW Heavyweight Championship (2 vez)[1]
  • Maximum Pro Wrestling
    • MPW Television Championship (1 vez)[1]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l m n o p q «Conor O'Brian». Online World of Wrestling. Consultado em 2011-01-30. 
  2. a b c d e f g h i j k l m n o p «South Florida talent O'Brian on WWE NXT Season 4». The Miami Herald. 2010-12-01. Arquivado desde o original em 2010-12-19. Consultado em 2010-12-19. 
  3. a b «Rough House O'Reilly». Deep South Wrestling. 2006. Arquivado desde o original em 2007-04-03. 
  4. «Conor O'Brian». Florida Championship Wrestling. Consultado em 2010-12-31. 
  5. a b c «Conor O'Brian Bio». WWE. Consultado em 2010-12-04. 
  6. a b Bishop, Matt (2010-11-30). «WWE NXT: Season 3 mercifully ends with new breakout diva crowned». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2010-12-01. 
  7. a b c d e f Schramm, Chris (2007-10-12). «Vaine and O'Reilly discuss their surprising WWE departure». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2010-12-19. 
  8. Mooneyham, Mike (2007-10-21). «O'Reilly, Vaine turn down offer to join WWE big show». Post and Courier. 
  9. Mayberry, Nick (2006). «Ryan "Payne" O'Reilly». Superstars: Ryan O'Reilly's Profile. Incredible8.com. 
  10. Evans, Russ (2004-05-23). «Rocky Horror Wrestling, Headlocks aplenty!». Broward-Palm Beach New Times. 
  11. Evans, Russ (2004-07-15). «No Payne, no gain». Broward-Palm Beach New Times. 
  12. a b c d Neikirk, Derik (2007). «Derik's Bio». DerickNeikirk.com. 
  13. «2006 Show Reports: July 13, 2006». GeorgiaWrestlingHistory.com. 2006.  Parâmetro desconhecido |month= ignorado (|data=) (Ajuda)
  14. Goodman, Larry (2007-05-05). «Final Deep South Wrestling TV Report (Siaki – Afa Jr vs. Major Brothers)». WrestleView. 
  15. Clevett, Jason (2008-06-05). «SLAM! Wrestling: D-Lo Brown signs with WWE». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. 
  16. a b Martin, Adam (2007-10-25). «Recap – Bryan Alvarez, Bill DeMott & Ryan O'Reilly on Wrestling Weekly». WrestleView. Consultado em 2010-12-19. 
  17. Martin, Adam (2010-07-21). «WWE rehires talent who quit the company». WrestleView. Consultado em 2010-09-26. 
  18. http://forums.onlineworldofwrestling.com/showthread.php/17403-FCW-Ascension[fonte confiável?]
  19. http://www.wrestleview.com/viewnews.php?id=1321315185
  20. http://www.cagematch.net/?id=2&nr=4310&page=4/[fonte confiável?]
  21. http://www.cagematch.net/?id=1&nr=78916[fonte confiável?]
  22. Caldwell, James (2010-11-30). «WWE News: NXT Season 4 cast – full list of Pros & Rookies for the new season of NXT, plus noticeable absences». Pro Wrestling Torch. Consultado em 2010-12-01. 
  23. Bishop, Matt (2010-12-08). «WWE NXT: Season 4 begins with new pros, less Cole». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2010-12-19. 
  24. Bishop, Matt (2011-01-05). «WWE NXT: First rookie sent packing». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2011-01-05. 
  25. Bishop, Matt (2011-01-19). «WWE NXT: Eliminated wrestler buried again». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2011-01-22. 
  26. Bishop, Matt (2011-03-09). «WWE NXT: Redemption beings for 6 former rookies». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2011-03-09. 
  27. Bishop, Matt. «WWE NXT: Kidd, McGillicutty start new show off in style». SLAM! Wrestling. Consultado em 14 July 2012. 
  28. Trionfo, Richard. «WWE NXT REPORT: A NEW SETTING; A NEW COMMENTARY TEAM; SOME NEW FACES; THE USUAL FROM TYSON KIDD AND MICHAEL MCGILLICUTTY». PWInsider. Consultado em 7 July 2012. «O’Brian tags back in and they hit the DownCast (Cameron with a jaw breaker and Conor with a flapjack) for the three count.» 
  29. «"PWI 500": 201–300». Pro Wrestling Illustrated. 2011-08-05. Consultado em 2011-08-05. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre lutador(a) profissional é um esboço relacionado ao Projeto wrestling. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.