Convair B-58 Hustler

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2015). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
B-58 Hustler
Airplane silhouette.png
Convair B-58 Hustler da USAF
Descrição
Tipo / Missão Bombardeiro estratégico, com motores turbojato, quadrimotor monoplano
País de origem  Estados Unidos
Fabricante Convair
Período de produção 1956-1963?
Quantidade produzida 116 unidade(s)
Custo unitário US$12,44 milhões[1]
Primeiro voo em 11 de novembro de 1956 (58 anos)
Introduzido em 15 de março de 1960
Aposentado em 31 de janeiro de 1970
Variantes
  • XB-58
  • YB-58A
  • B-58A
  • TB-58A
  • NB-58A
  • RB-58A
  • B-58B (não construído)
  • B-58C (não construído)
Tripulação 3
Especificações (Modelo: B-58A)
Dimensões
Comprimento 29,5 m (96,8 ft)
Envergadura 17,3 m (56,8 ft)
Altura 8,9 m (29,2 ft)
Área das asas 143,9  (1 550 ft²)
Peso(s)
Peso vazio 25 200 kg (55 600 lb)
Peso carregado 30 786 kg (67 900 lb)
Peso de decolagem 80 240 kg (177 000 lb)
Propulsão
Motor(es) 4 x motores turbojato General Electric J79-GE-5A
Performance
Velocidade máxima 2 122 km/h (1 140 kn)
Velocidade de cruzeiro 985 km/h (531 kn)
Velocidade máx. em Mach 2,0 Ma
Alcance bélico 3 220 km (2 000 mi)
Alcance (MTOW) 7 600 km (4 720 mi)
Teto máximo 19 300 m (63 300 ft)
Razão de subida 88 m/s
Aviônica
Tipo(s) de radar(es) AN/APB-2 de bombardeio
AN/APN-110 Doppler de navegação
AN/APN-170 de guiamento terrestre
AN/APR-12 alerta antecipado
AN/APQ-69 para lançamento de bombas e
AN/APS-73 leitura de terreno
Armamentos
Metralhadoras / Canhões 1 x canhão T171 de 20 mm (0,787 in)
Bombas 4 x nucleares B43 ou B61, carga de armas máximo 8 820 kg (19 400 lb)
Notas
Dados de: Quest for Performance[2] , Flight: 100 Years of Aviation[nota 1] , American Warplanes[nota 2] , Designation Systems.net[3] [4] [5] [6] [7]

Convair B-58 Hustler foi o primeiro bombardeiro pesado supersônico da história[carece de fontes?]. Em 1956 bateu vários recordes mundiais de velocidade e distância. Esteve em em serviço na USAF cerca de dez anos, entre1960 e 1970. Tinha uma tripulação de apenas três homens. Visava substituir o Boeing B-52 Stratofortress (que tinha uma tripulação algo entre seis a oito homens) mas seu alto consumo de combustível e sua capacidade menor em armamento tornaram-no operacionalmente inviável para os objetivos da Força Aérea dos Estados Unidos.

Projeto[editar | editar código-fonte]

O Convair Modelo 4 foi um dos avões de combate mais ambiciosos de todos os tempos. Seus criadores fizeram um bombardeiro supersônico com cápsulas de escape para a tripulação de três homens sentada em tandem em cabines individuais, uma fuselagem de superfície regular, uma grande asa delta que suportava quatro motores suspensos e uma estrutura que empregava amplamente os painéis de recobrimento inter laminados alveolares. Em terra este modelo se destacava pela altura de seu trem de pouso, que havia sido desenhado para dar lugar à enorme cápsula que transportava uma arma nuclear e grande parte do combustível para as missões a grande distância, sendo lançada sobre o alvo.

Durante a Guerra Fria, foi um importante vetor de dissuasão nuclear, gerando pavor em seus adversários, na prática porém seria facilmente abatido pelos misseis Terra-Ar Russos, pois o B-58 não conseguia obter um desempenho adequado voando a baixas altitudes.

Retirada de serviço[editar | editar código-fonte]

O fato de que tal ambicioso projeto se realizasse foi um enorme sucesso, já que supunha grandes avanços de aerodinâmica, estruturas e materiais. A natureza radical de todo o programa fica evidente pelo fato de que aos dois protótipos XB-58 seguiram-se outros 28 aviões YB-58B para vôos de testes. Alguns deles se transformaram posteriormente em aviões de reconhecimento estratégico RB-58A e outros em aviões de treinamento de conversão com duplo comando TB-58A. O bombardeiro operacional era o B-58A, do qual foram fabricados 86 exemplares, os quais tinham a possibilidade de transportar um compartimento duplo, onde o maior continha combustível e o menor vários sensores avançados ou arma. O Hustler foi o primeiro bombardeiro que passou de Mach 1 e bateu muitos recordes de velocidade e de autonomia. Entretanto, apesar de ser impressionante, era complexo demais e difícil de ser mantido economicamente e por isso foi aposentado em janeiro de 1970, já que sua operação representava um custo muito alto.

Variantes principais[editar | editar código-fonte]

B58A (bombardeiro de produção), RB-58A (convertido para reconhecimento) e TBN-58A (convertido para avião de treinamento).

Notas

  1. Grant and Dailey 2007, p. 293.
  2. Gunston 1986, p. 162.

Referências

  1. Knaack, Marcelle Size. Post-World War II bombers, 1945-1973. Washington, DC: Office of Air Force History, 1988. ISBN 0-16-002260-6.
  2. Loftin, Laurence K. Jr. "SP-468: Quest for Performance: The Evolution of Modern Aircraft". NASA.
  3. "AN/APA to AN/APD - Equipment Listing." Designation-Systems.net.
  4. "AN/APN - Equipment Listing." Designation-Systems.net.
  5. "AN/ASQ - Equipment Listing." Designation-Systems.net.
  6. "AN/APR to AN/APS - Equipment Listing." Designation-Systems.net.
  7. "AN/APQ - Equipment Listing." Designation-Systems.net.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Grant, R.G. and John R. Dailey. Flight: 100 Years of Aviation. Harlow, Essex: DK Adult, 2007. ISBN 978-0-7566-1902-2.
  • Gunston, Bill. American Warplanes. New York: Crown Publishers Inc., 1986, p. 162. ISBN 0-517-61351-4.


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Ícone de esboço Este artigo sobre um avião, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.