Criminalística

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Merge-arrows 2.svg
Foi proposta a fusão deste artigo ou se(c)ção com Ciência forense. Pode-se discutir o procedimento aqui. (desde novembro de 2012)

Criminalística é uma ciência considerada auxiliar do Direito Penal e, para alguns autores,[quem?] se inclui na criminologia. A criminalística possui várias áreas específicas incluídas no âmbito da ciência forense de caráter multi-disciplinar, abrangendo a psiquiatria, antropologia, medicina, entre outras áreas.

Surgiu a partir do trabalho de cientistas e peritos, ganhando popularidade conforme avançou-se na descoberta e aperfeiçoamento de novas ferramentas técnicas que permitissem o esclarecimento e prevenção dos crimes.[1]

No Brasil, exemplo de órgãos responsáveis pelo exercício desta ciência são a Polícia Científica do Paraná.[2] e o Instituto Geral de Perícias (IGP) (RS).[3]

Referências

  1. "O Vestígio" – ano I – nº 01) (setembro de 1991). «Criminalística». Consultado em 26 de dezembro de 2010 
  2. Instituto de Criminalística. «Instituto de Criminalística». Consultado em 26 de dezembro de 2010 
  3. Instituto Geral de Perícias. «Instituto Geral de Perícias do Rio Grande do Sul». Consultado em 12 de abril de 2012 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • WEHNER, W. Historia de la Criminologia. Editorial Zeus, 1964. (no original alemão - Geschichte der Kriminalistik)