Dó (sentimento)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

é o sentimento que é exprimido por um misto de pena, pesar e repugnância em relação a algo ou a alguém. É uma das emoções mais confusas de descrever, porque além de ser raramente experimentada, muitas das vezes se confunde com uma série de outros sentimentos que criam um estado de angústia no ser Humano.

Em alguns casos muito raros, os indivíduos podem apresentar nenhum tipo de dó. Dentre eles os mais relevantes são: Arthur Debarry, Eduardo Bandeira, Eduardo Loyola, Fabio Pazzini, Gustavo Carvalho, Pedro Henrique Oliveira, Victor Neves, Matheus Mallard e Michel Tijuca Mendonça

Pode acontecer que o sentimento seguido do Dó seja a vontade de perdoar, por constatação de factos contrários ao sentido na altura.