Frieza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Frieza ou Frio é um termo que designa pessoas que estão cientes de algo mas estão (ou fingem estar) despreocupados para com o ocorrido. Caracteriza-se pela falta de emoção, especialmente afeto e simpatia. Casos como estes são mais frequentes em assassinos e psicopatas.

Causas[editar | editar código-fonte]

Quando a pessoa passa por um momento de dor, onde a verdade muitas vezes machuca, esta decide guardar para si próprio o sentimento real do acontecido, todo o sistema nervoso fica interligado aos sentimentos, proibindo que a pessoa chore e muitas vezes que fale a verdade. Em psicopatas, a frieza muitas vezes é transparente, o indivíduo fica ciente do acontecido, não expressa seu sentimento e muitas vezes diz a verdade.

Características[editar | editar código-fonte]

Um indivíduo frio normalmente é introvertido e muito observado, e quase sempre também é calculista.Vendo as emoções como um tipo de fraqueza, tendo assim relacionamentos de um ponto de vista inteiramente lógico.

  • Falta de empatia e compaixão
  • Timidez
  • Introversão
  • Dificuldade com intimidade
  • Tendência a ser excessivamente crítico
  • Isolamento social

É importante entender que as emoções continuam existindo nas pessoas frias e, como todas as coisas no Universo, esta é uma energia que precisa ser liberada em algum momento. Quando são reprimidas e bloqueadas, e têm suas mensagens e significados ignorados, essas emoções inevitavelmente encontram uma forma de se expressar fisicamente — seja por meio de doenças com causas emocionais ou por padrões de comportamentos prejudiciais.