Derek Sherinian

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Derek Sherinian
Derek Sherinian em 2006
Informação geral
Nascimento 25 de agosto de 1966 (50 anos)
Origem Laguna Beach, Califórnia
País  Estados Unidos
Gênero(s) Metal progressivo, rock instrumental, hard rock, metal neoclássico
Instrumento(s) Teclado, guitarra
Período em atividade 1982 – atualmente
Afiliação(ões) Dream Theater

Planet X
Platypus
Alice Cooper
Kiss
Yngwie Malmsteen
Billy Idol
Black Country Communion

Página oficial DerekSherinian.com

Derek Sherinian é um tecladista nascido em Los Angeles, Califórnia. Ele é mais conhecido por ter tocado em bandas como Alice Cooper, Kiss e Dream Theater. Derek tem ascendência da Armênia.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Com o Dream Theater, ele gravou os álbuns A Change of Seasons (1995), Falling Into Infinity (1997) e Once in a LIVEtime (1998) antes de sair da banda em 1999 substituído por Jordan Rudess.

Desde 2000, Sherinian tem gravado álbuns solo junto com artistas como Yngwie Malmsteen, Zakk Wylde e Steve Lukather. Um de seus trabalhos mais notáveis foi Planet X, gravado com o baterista autraliano Virgil Donati, que mais tarde formou a banda com o mesmo título, chamando Tony MacAlpine para assumir as guitarras. De 2002 a 2010, Sherinian esteve em turnê com Billy Idol. Além disso, ele gravou alguns álbuns de tributo. Em 2011 formou a banda Black Country Communion.

Polêmica em Porto Alegre[editar | editar código-fonte]

No dia 2 de outubro de 2001, no Bar Opinião, na cidade de Porto Alegre, Derek Sherinian fazia parte da banda de Yngwie Malmsteen, que passava pelo país em turnê. Após subir ao palco com atraso, Malmsteen tocou o hino dos Estados Unidos em referência ao atentado ocorrido na época, o que provocou vaias do público e gritos de "Bin Laden". Sucedeu-se um princípio de tumulto e o show foi encerrado. No dia seguinte, Sherinian publicou uma nota em seu site oficial indignado com o acontecido:[1][2]

No dia seguinte, Derek publicou um pedido de desculpas pela nota que havia divulgado, justificando sua reação pelo momento delicado pelo qual todos os americanos estavam passando devido ao atentado de 11 de setembro.[3]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Como artista solo[editar | editar código-fonte]

Com Kiss[editar | editar código-fonte]

Com Alice Cooper[editar | editar código-fonte]

Com Dream Theater[editar | editar código-fonte]

Com Platypus[editar | editar código-fonte]

  • When Pus Comes To Shove (1999)
  • Ice Cycles (2000)

Com Yngwie Malmsteen[editar | editar código-fonte]

Com Planet X[editar | editar código-fonte]

  • Universe (2000)
  • Live From Oz (ao vivo) (2002)
  • MoonBabies (2002)
  • Quantum (2007)

Com Black Country Communion[editar | editar código-fonte]

Outros Projetos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Coro de Bin Laden derrota Yngwie Malmsteen». Rockwave. 5-10-2001. 
  2. «Hino dos EUA é vaiado durante show no RS». Folha de S. Paulo. 5-10-2001. 
  3. «Derek Sherinian pede desculpas». Whiplash. 5 de outubro de 2001. Consultado em 11 de fevereiro de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]