Diocese da Gália

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Gália (desambiguação).
Dioecesis Galliarum
Diocese da Gália
Diocese do(a) Império Romano
314386
Location of Diocese da Gália
Gália Romana por volta de 400, mostrando as Gálias no alto à esquerda
Capital: Augusta dos Tréveros
Governador: vigário
Período : Antiguidade Tardia
 -  Reformas administrativas de Diocleciano e Constantino 314
 -  Último território romano a ser invadido pelos francos 486

A Diocese da Gália (em latim: Dioecesis Galliarum - "diocese da província da[s] [províncias da] Gália"), chamada também de Diocese das Gálias, foi uma diocese do Império Romano subordinada à prefeitura pretoriana da Gália. Ela abrangia o norte e o leste da Gália, ou seja, o norte e o leste da região do Loire da moderna França, incluindo os Países Baixos e a região a oeste do Reno na moderna Alemanha.

História[editar | editar código-fonte]

A diocese da Gália foi criada depois das reformas administrativas de Diocleciano e Constantino I por volta de 314. Em 407, a fronteira do Reno foi rompida e a maior parte da Gália foi perdida para as tribos bárbaras temporariamente. O controle romano na Gália e na região do Reno foi restaurado depois da morte de Valentiniano III em 455. Depois disso, o único território que ainda estava sob controle romano era o noroeste, o chamado "Reino de Soissons". Depois da queda deste para os francos em 486 e o fim da administração romana na Gália, a diocese de facto deixou de existir.

Subdivisões[editar | editar código-fonte]

A diocese tinha as seguintes províncias:

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • P. Heather, La caduta dell'Impero romano. Una nuova storia, 2006. (em italiano)
  • G. Halsall, Barbarian migrations and the Roman West, 376-568, 2007. (em italiano)