Diomedes - a trilogia do acidente

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Diomedes - a trilogia do acidente é um romance gráfico de Lourenço Mutarelli, publicado pela Quadrinhos na Cia em 2012, que traz a história de Diomedes, um delegado aposentado, gordo e cínico que trabalha como detetive particular, embora nunca tenha resolvido um caso. Esse livro compila os quatro volumes originais das aventuras do personagem (é chamado de trilogia porque os dois últimos volumes são duas partes de uma mesma história), que foram lançados pela editora Devir.[1][2]

O dobro de cinco (1999)[editar | editar código-fonte]

Na primeira história da trilogia, Diomedes é contratado para entrar um mágico chamado Enigmo, que está desaparecido há bastante tempo. Durante a investigação, ele encontra personagens variados, como um palhaço filósofo, um domador de leões drogado, e uma travesti que lê cartas de tarô. Um filme baseado nesta HQ chegou a ter sua produção iniciada em 2007, mas nunca foi finalizado.[3][4]

O rei do ponto (2000)[editar | editar código-fonte]

Diomedes escapa de forma milagrosa da morte e acaba envolvido por um ambicioso policial chamado Germano Cale em uma investigação de um assassino em série, caso contrário é ameaçado de ser preso. Um diferencial deste livro é que, em diversas páginas, há uma sugestão de trilha sonora escrita na margem dos quadrinhos.[5][6]

A soma de tudo (parte 1, 2001; parte 2, 2002)[editar | editar código-fonte]

No encerramento da trilogia (publicado originalmente em duas partes), Diomedes viaja para Portugal e investiga uma seita misteriosa em Lisboa. A ideia de ambientar a trama em Portugal veio após o autor participar como convidado do Festival de Banda Desenhada de Amadora.[7][1]

Prêmios[8][9][editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.