Chicolam

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Menino Caranguejo)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Autor do Menino Caranguejo


José Francisco Peligrino Xavier (São Paulo, 1974), mais conhecido como Chicolam é professor, designer e quadrinista de Joinville (Santa Catarina). Graduado pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo no ano de 1997, realizou em seu Trabalho de Conclusão de Curso em Desenho Industrial o projeto Menino Caranguejo, um personagem de História em Quadrinhos em defesa dos manguezais. Em 2003 se mudou da cidade de São Paulo para a cidade de Joinville em Santa Catarina, para lecionar no curso de Design da Universidade da Região de Joinville, onde também coordena o projeto de extensão universitária Desenho Animado Ambiental desde 2005, com a participação de alunos bolsistas, voluntários na produção de materiais de apoio à Educação Ambiental, utilizando a linguagem lúdica presente nas histórias em quadrinhos e nos desenhos animados. Em 2007 obteve o título de Mestre em Educação com a Dissertação Desenho Animado Ambiental: Uso do Desenho Animado Ambiental como estratégia metodológica para Educação Ambiental.

Em 2 de abril de 2007 foi lançada a primeira história em quadrinhos do personagem, a HQ nº 01 - Ambiente Colateral, com o apoio da Fundação Cultural de Joinville (Edital de Apoio às Artes do SIMDEC) e do Departamento e Escritório de Design da Univille. No ano seguinte, a revista ganhou o 20º Troféu HQ Mix na categoria "Melhor Publicação independente de autor" e o 24º Prêmio Angelo Agostini na categoria "Melhor lançamento de 2007".[1][2][3][4] Publica diariamente, desde 2008, as tirinhas do Menino Caranguejo e da turma do Mangue nos principais jornais de Santa Catarina: A Notícia de Joinville, Jornal de Santa Catarina de Blumenau e Diário Catarinense de Florianópolis.

Em 2010 junto com sua esposa, Viviane Cris Mendes e com os amigos Fabiano Debortoli e Eugênio Siqueira fundaram o Instituto Caranguejo de Educação Ambiental com o objetivo de produzir materiais focados na Educação Ambiental utilizando quadrinhos e animação com os personagens Menino Caranguejo e a Turma do Mangue.

Sua atividade no Instituto Caranguejo está atrelada à gerência e ao desenvolvimento de novas histórias em quadrinhos para os almanaques Menino Caranguejo. Além de realizar projetos voltados ao uso de novas tecnologias para a Educação Ambiental. Ainda realiza palestras, workshops e visitas em diversas escolas, abordando, por meio da linguagem dos quadrinhos, uma nova perspectiva sobre os valores culturais e socioambientais.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Com a animação Caranga – Do outro lado do Manguezal:
  • 1º Lugar no 6º Cine Água de Beber da Coca-Cola (2012);
  • 1º Lugar (Vencedor Absoluto) no 7º Animaserra - Festival Nacional de Cinema de Animação, Quadrinhos e Games da Região Serrana do Rio de Janeiro (2012);
  • 3º Lugar no 2º AnimaCatarina - Mostra de Animações Acadêmicas (2012);
  • Selecionada para 6ª Baixada Animada - Mostra de Cinema de Animação da Baixada Fluminense (2012);
  • Participação na Sessão Livre do 7º Locomotiva - Festival de Cinema de Animação - Garibaldi/RS (2012);
  • Selecionada na 2ª Mostra de Cinema Infanto Juvenil de Blumenau (2012);
  • Selecionada para Mostra Competitiva da 11ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis (2012).
Com a animação Menino Caranguejo
  • Segundo lugar no Festival Anima Mundi Web para a animação: Menino Caranguejo em 2004.
Com o projeto Almanaque Ambiental Menino Caranguejo
  • Melhor Quadrinho no Festival Serra Comics 2014.
Com a HQ nº 01
  • 24º Prêmio Angelo Agostini (2008) para a história em quadrinhos: Menino Caranguejo #01, “Ambiente Colateral”,  como ‘Melhor Lançamento de 2007’.
  • 20.º Troféu HQ Mix (2008) para a história em quadrinhos: Menino Caranguejo #01, “Ambiente Colateral”, como Melhor Publicação Independente

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Veja a relação dos premiados pelo júri popular do Anima Mundi». Folha de S. Paulo. 19 de julho de 2004 
  2. André Pereira (23 de março de 2007). «Lançamento da HQ do Menino Caranguejo». HQ Maniacs. Consultado em 9 de junho de 2014. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  3. Andréa Pereira (23 de abril de 2008). «Menino Caranguejo #2 em maio». HQ Maniacs. Consultado em 9 de junho de 2014. Arquivado do original em 4 de março de 2016 
  4. «Entrevista: Chico Lam». Garagem Hermética Quadrinhos. 7 de setembro de 2008. Consultado em 9 de junho de 2014. Arquivado do original em 3 de março de 2016