Donkey Kong 64

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Donkey Kong 64
Capa da versão norte-americana.
Desenvolvedora(s) Rare
Publicadora(s) Nintendo
Designer(s) Shigeru Miyamoto (produtor)
George Andreas (diretor)
Compositor(es) Eveline Fischer
Grant Kirkhope
Plataforma(s) Nintendo 64
Série Donkey Kong
Conversões/
relançamentos
Virtual Console
Data(s) de lançamento Nintendo 64
  • JP 10 de Dezembro, 1999
  • AN 22 de Novembro, 1999
  • EU 6 de Dezembro, 1999

Wii U[1]
  • AN 1 de abril de 2015
  • EU 1 de abril de 2015
Gênero(s) Plataforma, Ação
Modos de jogo Single Player, Multiplayer
Classificação Inadequado para menores de 6 anos i ESRB (América do Norte)
Permitido para todas as idades i OFLCA (Austrália)

Donkey Kong 64 é um jogo da série Donkey Kong para o sistema Nintendo 64. Neste jogo temos o retorno de Donkey Kong como personagem jogável (só disponível no primeiro Donkey Kong Country) e Diddy Kong, contando com a participação de mais 3 personagens totalmente novos.[2]

O jogo Donkey Kong Country no SNES, revolucionou os gráficos, sendo o primeiro jogo do Nintendo 64 onde o Expansor de Memória se fez necessário para jogar.[3]

A entrada do jogo mostra Rap fazendo as apresentações dos personagens, falando de suas qualidades e poderes. O objetivo do jogo é achar as 8 chaves que prendem K.Lumsy, um imenso Kremling que não quer obedecer K.Rool, e poder deter a imensa Blast-O-Matic, com a qual K.Rool planeja destruir as DK Isles (Ilhas DK).

História[editar | editar código-fonte]

A história do jogo acontece um ano depois do jogo Donkey Kong Land III onde K.Rool produz uma nova arma, a Blast-O-Matic, e pretende destruir as Ilhas DK. Porém, a máquina falha após um problema que faz com que sua ilha flutuante fique de frente para a Ilha Donkey Kong. Para ganhar tempo e poder arrumar sua máquina, K.Rool captura alguns dos Kongs e os prende e rouba as preciosas bananas douradas de Donkey Kong. À medida que DK liberta seus amigos, ele parte em uma aventura para recuperar suas bananas e derrotar K.Rool e seu exército de Kremlings e outras criaturas do mal.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Esse é um jogo 3D com fortes ligações aos jogos de plataforma, semelhante a Super Mario 64 e Banjo-Kazooie. Existem um total de 5 Kongs jogáveis, cada um com habilidades e upgrades únicos. O jogador inicia com acesso somente ao Donkey Kong e deve avançar no jogo para libertar os outros 4 personagens como parte da jogabilidade.

Personagens[editar | editar código-fonte]

É possível controlar 5 Kongs no jogo. No início, apenas Donkey está disponível, mas com o desenrolar do jogo os outros 4 são habilitados.
Cada Kong possui uma arma e um instrumento musical. As armas servem para destruir inimigos e também ativar certos botões, enquanto os intrumentos servem para destruir todos os inimigos na área e ativar certos eventos.
O famoso Ground-Power de Mario 64 está presente no jogo, e com o desenvolvimento do jogo, ele vai recebendo mais poder e força, para ativar botões mais resistentes.
Os animais das séries anteriores estão representados por Rambi, o rinoceronte; e Engarde, o peixe-espada. Mas ao invés de montá-los, os Kongs se transformam neles, através de caixas espalhadas em algumas áreas.

Primários[editar | editar código-fonte]

  • Donkey Kong: É o personagem principal do jogo. O gorila volta depois de anos de ausência, pois mesmo aparecendo em outros jogos, somente no primeiro DKC era possível controlá-lo. Donkey também pode se transformar em Rambi, se entrar na caixa de transformação.

Cor Correspondente: Amarelo Instrumento musical: Bongo. Poder de Barril: Invencibilidade Arma: Tronco de cocos

  • Diddy Kong: Presente nos dois primeiros DKC. Diddy é um chimpanzé muito ágil, e é encontrado logo na primeira fase.

Cor Correspondente: Vermelho Instrumento musical: Guitarra Poder de Barril: Foguete a Jato Arma: Lança-Amendoins

  • Lanky Kong: Um dos novos Kongs. Lanky é um orangotango e pode usar seus longos braços para ativar botões distantes e andar usando as mãos. Também pode se transformar em Engarde.

Cor Correspondente: Azul Claro Instrumento musical: Trombone Poder de Barril: Super velocidade Arma: Zarabatana de Uvas

  • Tiny Kong: Irmã mais nova de Dixie Kong, e como a irmã, consegue executar a "cabelada", onde ela se mantém mais tempo no ar girando o cabelo.

Cor Correspondente: Roxo Instrumento musical: Saxophone Poder de Barril: Diminuir de tamanho Arma: Arpão de Penas

Cor Correspondente: Verde Instrumento musical: Triângulo de Metal Poder de Barril: Ficar gigante Arma: Bazuca de Abacaxi

Secundários[editar | editar código-fonte]

  • Animais:
    • Squawk: O papagaio no jogo faz o papel de mensageiro e as vezes entregas as bananas douradas aos Kongs.
    • Rambi: Disponível para transformação para Donkey Kong. Rambi pode destruir paredes com seu rosto e a maioria dos inimigos com sua chifrada.
    • Engarde: Apenas Lanky pode se transformar em Engarde, que está disponível em fases aquáticas. Pode abrir baús de tesouro e quebrar paredes com seu rosto.
  • Kongs:
    • Wrinkly Kong: Esposa de Cranky. Morreu após os acontecimentos de Donkey Kong Country 3. Sua alma pode ser encontrada nas entradas dos mundos, onde ela dá dicas de como prosseguir.
    • Cranky Kong: O Donkey Kong original põe a disposição o seu laboratório onde ele ensina novos movimentos aos Kongs. Depois de progredir no jogo, é possível jogar o arcade Jet Pac com ele.
    • Funky Kong: Antes responsável pelo transporte entre os mundos, Funky agora tem uma loja de armas, onde os Kongs podem comprar seus armamentos.
    • Candy Kong: Agora, ao invés de salvar o jogo, ela vende intrumentos musicais para os Kongs. Também vende melancias extras, que são os Life Points dos Kongs.
  • Outros:
    • Snide: Snide recolhe as plantas da Blast-O-Matic e em troca dá bananas douradas, além de aumentar o tempo disponível para desligar a Blast-O-Matic na fase Hideout Helm
    • Troff N' Scoff: Um porco e um hipópotamo imensos. Guardam as entradas das áreas dos chefes de mundo. É necessário alimentá-los com as bananas coletadas durante a fase para que Troff alcance o cadeado para abrir o portão.
    • K.Lumsy: K.Lumsy é um imenso kremling preso por K.Rool. Assim que é libertado, ele ajuda os Kongs contra K. Rool.
    • K.Rool: O rei dos kremlings volta com a Blast-O-Matic, pronta para destruir as Ilhas DK. A luta final é dada em sua nave, num combate de boxe!

As fadas-banana[editar | editar código-fonte]

As fadas banana são bananas transformadas em humanas lideradas pela rainha a fada-banana gigante,vivem numa ilha chamada ilha da fada-banana,tem aparência que elas usam chapéus,vestidos,sapatos e calças.

Recepção[editar | editar código-fonte]

 Recepção
Resenha crítica
Publicação Nota
Electronic Gamimg Monthly 8,37 de 10[4]
GamePro 5 de 5[4]
GameSpot 9 de 10[2]
IGN 9 de 10[3]
Nintendo Power 8,6 de 10[4]
Pontuação global
Publicação Nota média
GameRankings 88%[4]
Metacritic 90/100[5]
MobyGames 88/100[6]
Premiações
Premiador Prêmio
GameSpot Editors' Choice Awards[2]
E3 (1999) Game Critics Awards:Best Plataformer[7]

Donkey Kong 64 foi lançado com críticas no geral positivas, com pontuações variando entre 80% e 100%, com uma média de 88% no site Game Rankings. Alguns dos problemas mais citados foram o mal planejamento do modo multiplayer e o tédio e a dificuldade de algumas partes do jogo. Muitos compararam o DK64 ao Donkey Kong Country, dizendo que o fator de inovação e a impressão passadas não foram tão boas quanto os da série para o SNES.

Referências

  1. http://fnintendo.net/article/6030-jogos-nintendo-64-e-nintendo-ds-no-servico-consola-virtual-da-wii-u
  2. a b c «Donkey Kong 64 Review for Nintendo 64» (em inglês). GameSpot. Consultado em 11 de Novembro, 2009  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  3. a b «IGN: Donkey Kong 64 Review» (em inglês). IGN 64. 24 de Novembro, 1999. Consultado em 11 de Novembro, 2009  Verifique data em: |access-date=, |date= (ajuda)
  4. a b c d «Donkey Kong 64 for Nintendo 64» (em inglês). GameRankings. Consultado em 11 de Novembro, 2009  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  5. «Donkey Kong 64 at MetaCritics» (em inglês). Consultado em 11 de Novembro, 2009  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  6. «Game Credits for Donkey Kong 64» (em ingês). MobyGames. Consultado em 11 de Novembro, 2009  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  7. «Game Critics Awards» (em inglês). E3. Consultado em 11 de Novembro, 2009  Verifique data em: |access-date= (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]