Eliana em o Segredo dos Golfinhos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Eliana em o Segredo dos Golfinhos
Cartaz do filme
 Brasil
2005 •  cor •  94 min 
Direção Eliana Fonseca
Coprodução Canal Azul
EMB Entertainment
Moonshot Pictures
Rio Negro Productions
Rede Record
Roteiro Reinaldo Moraes
Reinaldo Moraes
Elenco Eliana
Daniel Del Sarto
João Paulo Bienemann
Fernanda Souza
Fúlvio Stefanini
Ângela Dip
Francisco Milani
Gênero aventura, comédia, romance
Distribuição 20th Century Fox
Lançamento 14 de janeiro de 2005
Idioma português
Orçamento R$ 5,500.000
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Eliana em o Segredo dos Golfinhos é um filme brasileiro de 2005, do gênero aventura, dirigido por Eliana Fonseca e estrelado pela apresentadora Eliana.[1]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Durante a gravação de um programa sobre golfinhos, Riviera Maya no litoral do Caribe, no México, a apresentadora Eliana se envolve em uma das maiores aventuras de sua vida. Ao lado do biológo que cuida dos golfinhos, um garoto apaixonado pelos bichos que vê o mar pela primeira vez e, claro, um golfinho muito especial, ela terá de enfrentar os desafios lançados por um eco-predador responsável por acidentes ecológicos em todo o mundo. A grande chave para ajudar a desvendar O Segredo dos Golfinhos será um antigo crânio de cristal.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Em 2001, Eliana iniciou o projeto de criar um filme para o público infantil. Segundo a apresentadora, ela sempre quis algo ligado ao meio ambiente e recebeu diversos roteiros, sem chegar a um ideal; "Vieram roteiros muito lúdicos, legais para o universo infantil, mas sem conteúdo", disse ela. Após uma gravação no Riviera Maya, México, para o seu programa de televisão, Eliana se tornou encantada com os golfinhos, querendo utilizar os animais como tema para o seu filme. Um golfinho "animatronic" foi utilizado para interagir com os atores, sendo uma réplica do mamífero. As gravações do filme começaram em 2004, e o filme foi previsto para estrear em janeiro de 2005, com um orçamento de 10 milhões de reais. O longa metragem conta a com a direção de Eliana Fonseca. [2]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Crítica[editar | editar código-fonte]

O filme recebeu muitas criticas negativas. Marcelo Hessel para o site Omelete, criticou o uso de uma "dublagem tosca" e elogiou o esforço de Eliana Fonseca com o tratamento dado atores mirins pelo filme ser de baixo orçamento. Ele também ressaltou a diretora do filme e a atuação de Fúlvio Stefanini como destaques no filme, evitando uma "esculhambação pública". Marcelo criticou o uso das roupas usadas pela personagem principal feita por Eliana com figurinos comparados as usadas na revista Caras.[3] Alysson Oliveira do UOL criticou o uso de armas de fogo no filme e disse que o filme estava destinado a se tornar uma lenda urbana, comparando ele com o filme Cinderela Baiana com Carla Perez, "que ninguém tem certeza se existiu mesmo, mas que sempre surge alguém cujo amigo de um amigo de um primo jura ter visto." [4] Já Igor Galante do Diário Web criticou o fato de que todos os personagens falam português, embora o longa seja ambientado no México. [5] Mariane Morisawa do ISTOÉ Gente chamou o filme de "um produto feito de qualquer maneira" e intitulou o roteiro como "inverossímil". [6]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde fevereiro de 2012).
  • Foi o primeiro filme da apresentadora Eliana.
  • O filme já havia sido anunciado um ano antes da estreia, no VHS Diga Sim, onde no final do clipe "Golfinhos" apareceu o logo do filme e depois, o mês que seria lançado: setembro de 2005.
  • A música "Um Dia de Sol", cantada por Eliana e Daniel Del Sarto, já tinha sido cantada pela própria Eliana no álbum "Diga Sim" de 2004.

Referências

  1. «Eliana Em o Segredo dos Golfinhos». Consultado em 4 de Fevereiro de 2012 
  2. Oliveira, Alysson (03 de julho de 2004). «Apresentadora Eliana vai até o México filmar com golfinho-robô». UOL. UOL. Consultado em 01 de fevereiro de 2015  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  3. Hessel, Marcelo (13 de janeiro de 2005). «Eliana em o Segredo dos Golfinhos {{!}} Crítica». Omelete. Universo Online. Consultado em 17 de fevereiro de 2014 
  4. Oliveira, Alysson (13 de janeiro de 2005). «ESTRÉIA-"O Segredo dos Golfinhos" trata ecologia de forma banal». UOL. UOL. Consultado em 01 de fevereiro de 2015  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  5. Galante, Igor. «Estréia 'Eliana em O Segredo dos Golfinhos' nos cinemas». Diário Web. Diário Web. Consultado em 01 de fevereiro de 2015  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  6. Morisawa, Mariane (17 de janeiro 2005). «Eliana em O Segredo dos Golfinhos». ISTOÉ Gente. Terra Networks. Consultado em 01 de fevereiro de 2015  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]