Farol do Cabo Branco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Farol do Cabo Branco
Joao Pessoa Paraiba Farol do Cabo Branco2.jpg
Número nacional
1256
Localização
Coordenadas
Banhado por
Endereço
Localização
Altitude
46 m
História
Período de construção
1972 (46 anos)
Entrada em serviço
Arquitetura
Altura
19
Altura focal
46 mVisualizar e editar dados no Wikidata
Equipamento
Alcance luz
Luz característica
Luz: Fl W 10s
Identificadores
internacional
G-0190
№ da ARLHS
BRA-015
№ da NGA
17904

O Farol do Cabo Branco localiza-se sobre uma falésia na praia de Cabo Branco em João Pessoa, capital do estado brasileiro da Paraíba. A construção situa-se cerca de 800 metros ao norte da Ponta do Seixas, o ponto mais oriental do Brasil continental. O farol, que tem uma forma triangular única no país, é um dos mais importantes e visitados cartões postais da capital paraibana.[1][2]

Descrição[editar | editar código-fonte]

Formado por uma torre triangular em concreto, três projeções pontiagudas em forma de asa a 3,5 m do chão, o farol é pintado de branco com uma faixa horizontal preta logo acima das asas. Há décadas, muito antes de a cidade de João Pessoa entrar no roteiro turístico, este farol já era conhecido por marcar «o ponto mais oriental das Américas»; todavia tal título pertence a Ponta do Seixas, que situa-se nas proximidades.[3]

O projeto do monumento é de Pedro Abraão Dieb, professor aposentado Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), que faleceu no dia 26 de novembro de 2007, em João Pessoa. Foi inaugurado em 21 abril de 1972, no governo de Emílio Médici, em plena ditadura militar. Os seus projetistas tiveram a intenção de representar uma planta de sisal, ao desenhar o farol. O sisal representou um dos ciclos econômicos mais duradouros e lucrativos no estado da Paraíba.[4]


Referências

  1. Adm. do sítio web (24 de janeiro de 2009). «NGA List of Lights. Pub. 110 - Aid no. 17904: Cabo Branco». National Geospatial Intelligence Agency. Consultado em 25 de fevereiro de 2010. 
  2. ROWLETT, Russ (23 de janeiro de 2010). «Lighthouses of Paraíba». University of North Carolina at Chapel Hill. Consultado em 25 de fevereiro de 2010. 
  3. Da redação (1949). «Boletim Geográfico – Ponto mais oriental do Brasil» (PDF). IBGE. Consultado em 17 de setembro de 2015. 
  4. Adm. do sítio web (2008). «Farol do Cabo Branco». Serviço de Sinalização Náutica do NE. Consultado em 25 de fevereiro de 2010. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um farol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.