Farol de Santa Luzia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Farol de Santa Luzia
Farol de santa luzia-mdm.JPG
Farol de Santa Luzia (ES), Brasil, visto do morro do Moreno.
Número nacional 1980
Informação geral
Coordenadas 20°19′28″S 40°16′03″O / 20.32441°S 40.26762°O / -20.32441; -40.26762Coordenadas: 20°19′28″S 40°16′03″O / 20.32441°S 40.26762°O / -20.32441; -40.26762
Sítio Vila Velha
Localização Vila Velha,  Brasil
País Brasil
Altitude 29 m
Corpo de água Baía do Espírito Santo, Oceano Atlântico
Luz característica Luz: Fl(4) W 12s
Alcance 34 milhas náuticas
Altura 12
Altura focal 29 metros
Entrada em serviço 1871
Construção 1870 (148 anos)
Códigos internacionais
internacional G-0320
№ da NGA 110-18240
Online List of Lights 17434
№ da ARLHS BRA-095

O Farol de Santa Luzia localiza-se no final da Praia da Costa, em Vila Velha, estado do Espírito Santo, no Brasil.

Torre octogonal em ferro, com a base alargada, lanterna e galeria. Tudo pintado de branco.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Localizado em Vila Velha, bem na entrada da baía de Vitória, o farol Santa Luzia foi construído a pedido de João Maurício Wanderley, o Barão de Cotegipe e ministro da guerra do império, em Glasgow (Escócia), no ano de 1870, e trazido para o local onde se encontra (Vila Velha-ES), pelo engenheiro Zózimo Barroso. Entrou em funcionamento em 1871, quando foi inaugurado por D. Pedro II (1840-1889), visando orientar as embarcações que normalmente transitam de e para os portos de Vitória, Vila Velha e Tubarão.

Com iluminação inicial a querosene, o farol conta com 17 metros de altura e alcance de 32 milhas marítimas. Atualmente é iluminado por lâmpadas 300 watts e quatro focos servindo de orientação para navegação direcionada aos portos de Vitória, Vila Velha e Tubarão.

Por pertencer à Capitania dos Portos, é área de segurança. Porém, um convênio com a Secretaria de Desenvolvimento de Vila Velha tornou possível sua abertura à visitação em 18 de novembro de 2016, depois de dez anos fechado. A prefeitura de Vila Velha mantém no local estagiários para orientar os visitantes. Ele está aberto à visitação pública de terça-feira a domingo, das 9h às 17h, com o fechamento dos portões às 16h30.[2]

Obras de acessibilidade e segurança foram feitas para que o monumento passasse a receber o público. Além disso, um deque com um leme que simula uma embarcação e uma exposição permanente de vários tipos de nós de Marinha completam as adequações feitas.

O acesso é permitido para grupos de até 25 pessoas por vez, que poderão permanecer no espaço por até 20 minutos. Grupos maiores que 25 pessoas e escolas devem agendar horário. A entrada é gratuita.

O terreno onde está situado o Farol Santa Luzia foi doado a União em 1913 pelo Dr. Hermano Santana e sua esposa e, posteriormente, entregue a Marinha do Brasil em 1985, atual responsável pela área. Além do farol, o local abriga uma vila residencial militar, com três casas, dentre elas, a do faroleiro, encarregado da manutenção do Farol.[3]

Características[editar | editar código-fonte]

  • O farol eleva-se a doze metros de altura, com nove metros quadrados de base. A sua luz, produzida por uma lâmpada de 3.000 watts, alcança quinze milhas náuticas (27,78 quilômetros).
  • Da pedra onde está instalado, pratica-se a pesca de currico, onde o principal peixe pescado é a anchova.
  • É um ótimo local para apreciar a vista do mar, o movimento dos navios e barcos pesqueiros.
  • No local onde está o Farol é possível ver ao mesmo tempo três municípios da região metropolitana: Vila Velha, Vitória e Serra.
  • Por pertencer à Capitania dos Portos, é área de segurança. Porém, um convênio com a Secretaria de Desenvolvimento de Vila Velha tornou possível sua abertura à visitação pública. A prefeitura de Vila Velha mantém no local há estagiários para orientar os visitantes. O telefone para marcação de visitas atualmente é (27) 3388-4344, que é da coordenação de turismo da prefeitura de Vila Velha. OBS: Informação sujeita a alteração.
  • Nome alternativo: Farol da Ponta de Santa Luzia[4]

Referências

  1. «Santa Luzia» (em inglês). UNC. 30 de janeiro de 2010. Consultado em 27 de abril de 2010. 
  2. «Farol de Santa Luzia será reaberto para visitação em Vila Velha, ES». Espírito Santo. 16 de novembro de 2016 
  3. «Prefeitura Municipal de Vila Velha: Farol Santa Luzia». www.vilavelha.es.gov.br. Consultado em 18 de julho de 2017. 
  4. «Ponta de Santa Luzia» (em inglês). NGA. 24 de janeiro de 2009. Consultado em 27 de abril de 2010. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um farol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.