Fiat CR.32

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fiat CR.32
Picto infobox Mig 29.png
Um par de CR.32 do grupo X Gruppo "Baleari" (c.1936)
Descrição
Tipo / Missão Caça monomotor, biplano e monoposto
País de origem  Reino da Itália
Fabricante Fiat Aviazione
Período de produção 19341936
Quantidade produzida 1.052 unidade(s)
Desenvolvido em Fiat CR.42
Primeiro voo em 28 de abril de 1933 (83 anos)
Introduzido em 1933
Aposentado em 1953 (Força Aérea Espanhola)
Tripulação 1 (piloto)
Especificações
Dimensões
Comprimento 7,47 m (24,5 ft)
Envergadura 9,5 m (31,2 ft)
Altura 2,36 m (7,74 ft)
Área das asas 22,1  (238 ft²)
Alongamento 4.1
Peso(s)
Peso vazio 1,455 kg (3,21 lb)
Peso carregado 1,975 kg (4,35 lb)
Propulsão
Motor(es) 1 × Fiat A30 RA-bis V12
Potência (por motor) 600 hp (447 kW)
Performance
Velocidade máxima 360 km/h (194 kn)
Alcance bélico 781 km (485 mi)
Teto máximo 8,800 m (28,9 ft)
Razão de subida 9 m/s
Armamentos
Metralhadoras / Canhões 2 × Metralhadoras de 7.7 ou 12.7 mm Breda-SAFAT
Bombas Até 100 kg (220 lb) de bombas

O Fiat CR.32 foi um caça biplano italiano, utilizado durante a Guerra Civil Espanhola e a Segunda Guerra Mundial.

Uma característica notável deste avião é que a asa baixa é mais curta que a asa mais alta. Isto foi bem apreciado pelos pilotos, tornava o avião facilmente manobrável e deixava a fuselagem mais forte e resistente. Ele foi utilizado extensivamente na Guerra Civil Espanhola e na Segunda Guerra Mundial.

Em 1942 foi aproveitado para missões noturnas e ataque ao solo com novos aviões sendo colocados em serviço. Foi a base para o Fiat CR.42, que entrou em serviço em 1939. Apesar de ser um excelente caça para a década de 30, quando a Itália entrou na guerra em 1940, esses, incluindo o CR.42, já eram modelos ultrapassados se comparados aos alemães Messerschmitt Bf-109, franceses Morane-Saulnier M.S.406, britânicos Hawker Hurricane e americanos Curtiss P-40.

A ideia de que manobrabilidade era melhor que poder de fogo e velocidade custou caro para a Regia Aeronáutica Italiana. Apesar desses problemas, batalhou com igualdade contra o biplano Gloster Gladiator britânico, mesmo esse tendo uma velocidade superior e um armamento melhor.

Variantes[editar | editar código-fonte]

FIAT CR-32.svg
  • CR.30
  • CR.32
    • duplo 12.7 mm ou 7.7 mm - calibre - metralhadoras
    • Entregue à Força-aérea Italiana entre Março de 1934 e Fevereiro de 1936
    • modificado para motor de 600 hp (447 kW) Fiat A.30 RAbis
  • CR.32bis
    • Suporte para missões de caça.
    • duplo 7.7 mm (calibre) e duplo 12.7 mm (metralhadoras)
    • 100 kg (220 lb) de capacidade de bombas: 1 x 100 kg or 2 x 50 kg
  • CR.32ter
    • Revisada versão do CR.32bis com diversas melhorias
  • CR.32quater
    • Revisada versão do CR.32ter (peso reduzido, rádio adicionado)
    • 337 foi produzidos para a força aérea italiana.
    • Velocidade máxima: 356 km/h (221 mph) a 3,000 m (9,800 ft)
  • HA-132L
    • Versão espanhola que esteve em serviço como treinamento acrobático.
  • CR.33
  • CR.40
  • CR.40bis
    • Um protótipo apenas.
  • CR.41
    • Um protótipo apenas.
Um Fiat CR.32 da Regia Aeronautica
Oficiais da Força Aérea Real Australiana ao lado de um Fiat CR.32 em Bengazi (1941).

Operadores[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.