Flamboyant Shopping Center

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Flamboyant Shopping Center
Estacionamento do Flamboyant, em 2010.
Localização Av. Jamel Cecílio, 3.300 Jardim Goiás - Goiânia - GO
Inauguração 16 de outubro de 1981 (35 anos)
Slogan A vitrine de Goiás
Números
Lojas 255
Área Total: 121.864,33
Área construída 131.236,83 m2
Área locável 52.418,20 m²
Estacionamento 3.006 vagas, sendo 1.000 cobertas
Andares 3 (sendo 2 térreos)
Salas de
cinema
8 salas Cinemark
Movimento 900 mil pessoas/mês
Página oficial http://www.flamboyant.com.br

Flamboyant Shopping Center é o centro comercial mais antigo do estado de Goiás[1][2][3] ocupando a 35ª posição na lista dos maiores shopping centers por Área Bruta Locável (ABL). Está situado em Goiânia - GO, no bairro Jardim Goiás, próximo ao Centro Cultural Oscar Niemeyer.[4]

O shopping foi inaugurado em 16 de outubro de 1981, apontando como novidade na capital, por antigamente ainda não possuir nenhum empreendimento deste modelo. Assim, abriu-se caminho para a inauguração de outros shopping centers na região.

A escolha do nome se deu naquela época, Flamboyant ser uma das árvores mais abundantes e populares de Goiânia. Uma das principais avenidas de Goiânia, as Av. Araguaia e Av. Tocantins, eram até então repletas desta árvore.

Atualmente possui três pavimentos, com o total de 255 lojas, além de duas praças de alimentação, oito salas de cinema e estacionamento de 3.006 vagas.[4] Ocorrem também eventos musicais no interior do shopping,[5] como por exemplo o Flamboyant in Concert, com shows de MPB.[4]

Até o ano de 2013 era considerado o maior shopping center de Goiânia, quando foi ultrapassado pelo Passeio das Águas Shopping.[6][7][8]

Referências

  1. «Avião roubado cai em shopping de GO; pai e filha morrem». Terra. Consultado em 22 de agosto de 2012 
  2. «ICA desenvolve time do Shopping Flamboyant». Instituto CA. Consultado em 22 de agosto de 2012 
  3. «Shopping Flamboyant é palco do Quebrando o Silêncio em Goiás». Portal Adventista. Consultado em 22 de agosto de 2012 
  4. a b c «Dados históricos». Flamboyant Shopping Center. Consultado em 10 de setembro de 2012 
  5. «Lulu Santos faz show no Shopping Flamboyant em Goiânia». G1. Consultado em 22 de agosto de 2012 
  6. ALMEIDA, F. M. Flamboyant shopping center: entre trabalho, lazer e consumo. 2016. 107 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de Goiás,Goiânia, 2016.
  7. Almeida, Felipe Mateus de (2015). «Shopping Center e axiologia: Uma análise do Flamboyant Shopping Center de Goiânia». Axionomia. Consultado em 26 de outubro de 2016 
  8. «Shopping gigante afeta paisagem e rotina de região». Jornal Opção. Consultado em 26 de outubro de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.