Frederico Bruestlein

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Frederico Bruestlein
Nascimento 25 de maio de 1835
Mulhouse
Morte 22 de fevereiro de 1911 (75 anos)
Cidadania Brasil, França
Ocupação político

Frederico Bruestlein ou Frédéric Brüstlein (Mulhouse, Alsácia, 25 de maio de 1835Joinville, 22 de fevereiro de 1911) foi diretor da Colônia Dona Francisca e superintendente da cidade de Joinville.

Chegou em Joinville em 23 de junho de 1863 como procurador do Príncipe de Joinville e tomou posse como diretor da colônia em 6 de julho de 1875.

Naturalizou-se brasileiro em 1880 e era do Partido Conservador. Exerceu, entre 7 de janeiro de 1887 e 15 de janeiro de 1890, a presidência da Câmara Municipal de Joinville, com funções executivas outorgadas futuramente a prefeitos.

Foi deputado à Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina na 27ª legislatura (1888 — 1889).

Foi superintendente de Joinville entre 16 de abril de 1895 e 6 de janeiro de 1899.

Era proprietário do Vapor Babitonga.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Piazza, Walter: Dicionário Político Catarinense. Florianópolis : Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1985.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Johann Otto Louis Niemeyer
Diretor da Colônia Dona Francisca (Joinville)
1875 — ?
Sucedido por
?
Precedido por
João Paulo Schmalz
Prefeito de Joinville
1887 — 1890
Sucedido por
Ernesto Canac
Precedido por
João Paulo Schmalz
Prefeito de Joinville
1895 — 1899
Sucedido por
Gustavo Adolfo Richlin


Ícone de esboço Este artigo sobre políticos ou política de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.