Grande Templo (Cuiabá)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Grande Templo (Cuiabá)
Visão Geral do Grande Templo
Estilo dominante Centro de Evangelismo
Arquiteto Walter Peixoto
Início da construção 1985
Fim da construção 1996
Religião Pentecostalismo
Website http://www.grandetemplo.com.br/
Área 100.500m²
Geografia
País  Brasil
Região Cuiabá  Mato Grosso
Local Av. Hist Rubens Mendonça, Baú
Coordenadas 15°34'23"S 56°4'15"W
Notas: Maior templo religioso da América Latina

O Grande Templo é a Séde Mundial da Igreja Evangélica da Assembleia de Deus de Cuiabá, sede das Assembleias de Deus do estado de Mato Grosso. É o maior templo religioso da América Latina.[1][2]

Semelhante a um estádio, o Grande Templo, como é chamado, foi inaugurado em 1996 após 11 anos de construção, tem capacidade para abrigar 24 mil pessoas sentadas na nave central.[3] Contudo, se somadas todas as dependências dos seis andares, o prédio tem capacidade para 80 mil pessoas. Sua construção consumiu 11 anos e, pelos valores de hoje, o equivalente a R$ 360 milhões. Os engenheiros da construção foram: George Gattas, Itsuo Takayama, José Antônio Ribeiro Filho, Inês Bochi, Eudes Figueiredo Abreu, Eduardo Araújo Souto e Leonino Altântara.

A construção foi presidida pelo Pastor Sebastião Rodriguês de Souza, atual presidente das Assembleias de Deus em Mato Grosso.

Capacidade[editar | editar código-fonte]

  • Possui 430 banheiros e 500 salas diversas.
  • Capacidade para 60.000 pessoas sentadas.
  • Estacionamento para 10.000 veículos automotivos.
  • Área coberta:80.500m²
  • Área construída: 100.500m²
  • Terreno: 200.100m²

Materiais utilizados[editar | editar código-fonte]

Todos os dados são da revista comemorativa de 15 anos da inauguração.[4]

  • 432.000 Sacos de cimentos
  • 2.400.000 kg de ferros
  • 150.000m³ de cascalho.
  • 450.000m³ de areia.
  • 3.000.000 unidades de tijolo lajotas.
  • 30.000m³ de madeira para escoramento.
  • 60.000 metros de cabos e fios elétricos.
  • 21.000 metros de materiais hidráulicos.
  • 30.000 latas de tintas e massa de parede.
  • 6.000m² de azulejo.
  • 30.000 metros de telhas.
  • 720.000 refeições.
  • Poço artesiano de 127 metros de profundidade com vazão/hora de 36.000 litros, atualmente utilizado para abastecimento do prédio.

Referências

  1. http://issuu.com/biloideias/docs/grandetemplo15 (página 1)
  2. Revista Eclésia. «Igrega-estádio». Consultado em 26 de fevereiro de 2011 
  3. Uma Semente. «Grande Templo em Cuiabá recebe festa do centenário». Consultado em 21 de fevereiro de 2011. Arquivado do original em 19 de agosto de 2014 
  4. http://issuu.com/biloideias/docs/grandetemplo15 (página 29)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]