Grande Templo (Cuiabá)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Grande Templo (Cuiabá)
Estilo dominante Centro de Evangelismo
Arquiteto Walter Peixoto
Início da construção 1985
Fim da construção 1996
Religião Protestante
Website http://www.grandetemplo.com.br/
Dimensões
Área 100.500m²
Geografia
País  Brasil
Região Cuiabá  Mato Grosso
Local Av. Hist Rubens Mendonça, Baú
Coordenadas 15°34'23"S 56°4'15"W
Notas: Maior templo religioso da América Latina

O Grande Templo é o nome tradicional do templo da Igreja Evangélica da Assembleia de Deus de Cuiabá, sede das Assembleias de Deus do estado de Mato Grosso. É o maior templo religioso da América Latina [1][2].

Semelhante a um estádio, o Grande Templo, como é chamado, foi inaugurado em 1996 após 11 anos de construção, tem capacidade para abrigar 24 mil pessoas sentadas na nave central.[3] Contudo, se somadas todas as dependências dos seis andares, o prédio tem capacidade para 80 mil pessoas. Sua construção consumiu 11 anos e, pelos valores de hoje, o equivalente a R$ 360 milhões. Os engenheiros da construção foram: George Gattas, Itsuo Takayama, José Antônio Ribeiro Filho, Inês Bochi, Eudes Figueiredo Abreu, Eduardo Araújo Souto e Leonino Altântara.

A construção foi presidida pelo Pastor Sebastião Rodriguês de Souza, atual presidente das Assembleias de Deus em Mato Grosso.

Capacidade[editar | editar código-fonte]

  • Possui 430 banheiros e 500 salas diversas.
  • Capacidade para 60.000 pessoas sentadas.
  • Estacionamento para 10.000 veículos automotivos.
  • Área coberta:80.500m²
  • Área construída: 100.500m²
  • Terreno: 200.100m²

Materiais utilizados[editar | editar código-fonte]

Todos os dados são da revista comemorativa de 15 anos da inauguração[4].

  • 432.000 Sacos de cimentos
  • 2.400.000 kg de ferros
  • 150.000m³ de cascalho.
  • 450.000m³ de areia.
  • 3.000.000 unidades de tijolo lajotas.
  • 30.000m³ de madeira para escoramento.
  • 60.000 metros de cabos e fios elétricos.
  • 21.000 metros de materiais hidráulicos.
  • 30.000 latas de tintas e massa de parede.
  • 6.000m² de azulejo.
  • 30.000 metros de telhas.
  • 720.000 refeições.
  • Poço artesiano de 127 metros de profundidade com vazão/hora de 36.000 litros, atualmente utilizado para abastecimento do prédio.

Referências

  1. http://issuu.com/biloideias/docs/grandetemplo15 (página 1)
  2. Revista Eclésia. «Igrega-estádio». Consultado em 26 de fevereiro de 2011 
  3. Uma Semente. «Grande Templo em Cuiabá recebe festa do centenário». Consultado em 21 de fevereiro de 2011 
  4. http://issuu.com/biloideias/docs/grandetemplo15 (página 29)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]