Hitman (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Hitman
No Brasil Hitman - Assassino 47
Em Portugal Hitman - Agente 47
 França
 Estados Unidos
2007 •  cor •  92 min 
Direção Xavier Gens
Roteiro Skip Woods
Baseado em Hitman, de IO Interactive
Elenco Timothy Olyphant
Dougray Scott
Robert Knepper
Olga Kurylenko
Ulrich Thomsen
Michael Offei
Género
Música Geoff Zanelli
Cinematografia Laurent Barès
Edição
  • Carlo Rizzo
  • Antoine Vareille
Companhia(s) produtora(s)
  • Anka Filme
  • Alvorada Produções
  • Duna Entretenimento
  • Produções do Universo Prime
Distribuição França EuropaCorp
Mundo 20th Century Fox
Idioma inglês
Receita US$ 99.965.792[1]

Hitman (prt: Hitman - Agente 47[2]; bra: Hitman - Assassino 47[3]) é um filme franco-americano de 2007, dos gêneros ação, policial e suspense, dirigido por Xavier Gens, com roteiro de Skip Woods[3] baseado na série de jogos protagonizada pela personagem Agente 47, vivido por Timothy Olyphant.

Uma sequência foi cancelada durante a produção, mas foi seguida por um reboot intitulado Hitman: Agente 47, estrelado por Rupert Friend como Agente 47 e escrito novamente por Skip Woods, lançado em 21 de agosto de 2015.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme é baseado na série de jogos que conta a história do Agente 47, criado para ser um assassino exímio. A sua arma mais poderosa é a ousadia, assim como o brilho que tem na execução do seu trabalho. Ele é encarregado de assassinar o Presidente russo. Porém, alguém conspira contra ele e passa a ser perseguido pela Interpol e por militares russos, então, este tenta descobrir quem conspirou contra si. Mas ao mesmo tempo tem de aprender como lidar com emoções desconhecidas, como amizade, e o amor, que a prostituta Nika desperta nele.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Hitman tem recepção desfavorável por parte da crítica especializada. Com o Tomatometer de 14% em base de 102 críticas, o Rotten Tomatoes chegou ao consenso: "Hitman oferece uma combinação infeliz de violência excessiva, enredo incoerente e diálogo inane". Por parte da audiência do site tem 57% de aprovação.[4]

Referências

  1. «Hitman (2007)» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 23 de setembro de 2012 
  2. «Hitman - Agente 47». Portugal: CineCartaz. Consultado em 16 de dezembro de 2019 
  3. a b «Hitman - Assassino 47». Brasil: CinePlayers. Consultado em 16 de dezembro de 2019 
  4. «Hitman» (em inglês). Rotten Tomatoes. Consultado em 27 de janeiro de 2014 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.