Italia Viva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Italia Viva
Líder Matteo Renzi
Ideologia Liberalismo
Espectro político Centro
País  Itália

Italia Viva (IV) é um partido político italiano fundado o 18 setembro 2019 por Matteo Renzi depois de sua saída do Partido Democrata.

História[editar | editar código-fonte]

A 16 setembro 2019, Matteo Renzi, ex Presidente do Conselho e ex secretário do Partido Democrata, anuncia numa entrevista à la Repubblica sua saída deste último e no dia seguinte anuncia que o novo partido chamado Itália Viva.[1]

No dia seguinte, o líder do novo partido anuncia o grupo parlamentar e seus componentes entre os quais figuram os nomes de Roberto Giachetti, já apresentado à Segreteria do Partido Democrata, de Maria Elena Boschi, Davide Faraone e Gennaro Migliore.[2]

O líder de Italia Viva Matteo Renzi tem afirmado que a nova força política apoiará plenamente o segundo Governo Conde, do qual fazem parte os ministros Teresa Bellanova e Elena Bonetti.[3][4]

Desde 19 setembro faz-se oficial o grupo parlamentar à Câmara dos deputados, composto por 25 membros.[5]

Nas instituições[editar | editar código-fonte]

Câmara dos deputados[editar | editar código-fonte]

28 deputados

No grupo Itália Viva: Lucia Annibali, Michele Anzaldi, Maria Elena Boschi, Nicola Carè, Matteo Colaninno, Camillo D’Alessandro, Vito De Filippo, Mauro Del Barba, Marco Di Maio, Cosimo Ferri, Silvia Fregolent, Maria Chiara Gadda, Roberto Giachetti, Gianfranco Librandi, Luigi Marattin, Gennaro Migliore, Mattia Mor, Sara Moretto, Luciano Nobili, Lisa Noja, Giuseppina Occhionero, Raffaella Paita, Giacomo Portas, Ettore Rosato, Ivan Scalfarotto, Gabriele Toccafondi, Catello Vitiello, Massimo Ungaro.

Senado da República[editar | editar código-fonte]

No grupo Partido Socialista-Itália Viva: Teresa Bellanova, Francesco Bonifazi, Eugenio Comincini, Donatella Conzatti, Giuseppe Cucca, Davide Faraone, Laura Garavini, Nadia Ginetti, Leonardo Grimani, Ernesto Magorno, Mauro Maria Marinho, Annamaria Parente, Matteo Renzi, Daniela Sbrollini, Valeria Sudano, Gelsomina Vono.

Governos[editar | editar código-fonte]

Faz parte do Segundo Governo Conte, em coaligação com M5S, PD e LeU.

Ministros e secretários de estado[editar | editar código-fonte]

Conte II[editar | editar código-fonte]

  • Teresa Bellanova, Ministra das Políticas agrícola, alimentar, florestal e do Turismo ( desde 5 setembro 2019)
  • Elena Bonetti, Ministra da Igualdade de Oportunidades e da Família (desde 5 setembro 2019)
  • Ivan Scalfarotto, Secretário de Estado do Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Internacional (desde 13 setembro 2019)

Enlaces externos[editar | editar código-fonte]

Referências