Joana Darc Protetora

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Joana Darc em 2018

Joana Darc dos Santos Cordeiro (Manaus, 03 de agosto de 1989), mais conhecida como Joana Darc Protetora, é uma advogada (OAB-AM 8645), servidora pública concursada, ativista do direito dos animais e política amazonense, filiada ao Partido Liberal (PL). Atualmente, ocupa o cargo de deputada estadual do Amazonas.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Joana recebeu esse nome de sua avó paterna, Maria de Lourdes, em homenagem à Santa Guerreira Joana Darc da Igreja Católica, na qual é muito devota desde sempre.

Desde criança, sempre esteve muito conectada com os animais, mas foi na adolescência que adentrou definitivamente na proteção animal isso há mais de 10 anos [1]. Se tornou voluntária no ano de 2010 de um grupo intitulado COMPAIXÃO ANIMAL, onde deu seus primeiros passos na proteção animal de fato com outras pessoas.

Após concluir o ensino médio no Colégio Militar da Policia Militar do Amazonas, ingressou através de concurso público na Procuradoria Geral do Município como técnica administrativa com apenas 19 anos, onde permaneceu durante oito anos, se licenciando para concorrer ao pleito eleitoral em 2016.

Em 2013, formou-se bacharel em Direito na Universidade Luterana do Brasil (ULBRA MANAUS) e no mesmo ano prestou exame para a OAB, se dedicando integralmente a profissão advogando na capital e no interior do Estado através de seu escritório de advocacia Cordeiro e Cavalcante.

Fundação da ONG PATA[editar | editar código-fonte]

Evento de adoção promovido pela PATA MANAUS. Foto de 2018.

Em Outubro de 2011, fundou com algumas pessoas, uma das primeiras organizações de proteção animal da capital amazonense, a ONG PROTEÇÃO, ADOÇÃO E TRATAMENTO ANIMAL - PATA MANAUS, na qual conta com mais de 50 voluntários ativos.

A organização tem por objetivo principal lutar por mais políticas públicas e assistencialistas para os animais, além de promover a conscientização das pessoas para o cuidado e a proteção dos mesmos. O grupo promove anualmente diversos [2]eventos de adoção, workshops de conscientização voltados para o bem estar animal, como o evento de adoção e vacinação gratuita [3]Vira Lata é Tudo de Bom e os encontros de protetores e animais intitulados: [4]Pizza com Pet, [5]Café com Pet, além de realizar e participar de inúmeros resgates ilustres na cidade de Manaus e na região metropolitana.

Juntamente com a ONG PATA, Joana liderou na cidade de Manaus dois movimentos nacionais de grande importância, o movimento: [6]Crueldade Nunca Mais e a [7]Marcha da Defesa Animal, ambos com o objetivo de cobrar os políticos de todo o Brasil medidas mais punitivas para quem comete crimes de abandono e maus-tratos contra animais.

Atualmente, Joana não lidera mais a PATA MANAUS, se desligando oficialmente da presidência em agosto de 2018 por motivos políticos, afim de disputar as eleições estaduais de mesmo ano, porém ela continua participando da organização como voluntária e apoiadora.

Eleições 2016 e 2018[editar | editar código-fonte]

Joana em sessão plenária na Câmara Municipal de Manaus. Foto de 2018.

Foi eleita a primeira vez no ano de 2016 para o cargo de Vereadora de Manaus pelo Partido da República (PR), com apenas 3.261 votos entrando como última e menos votada.

Após dois anos de mandato, participou das Eleições Estaduais no Amazonas de 2018 onde se candidatou para o cargo de Deputada Estadual vencendo a disputa levantando a bandeira da causa animal e sendo a [8]mulher mais votada com 25.707 votos só na capital, totalizando 26.816 no Amazonas inteiro e ficando em décimo segundo lugar na disputa geral.

Joana é a primeira parlamentar eleita no Amazonas a levantar a bandeira do direito dos animais, que é um dos principais pilares de seu trabalho na política, porém não se limitando somente a isso. É também líder da bancada do Partido da República na Câmara Municipal de Manaus desde Novembro de 2018.

Atuação na Política[editar | editar código-fonte]

Em agosto de 2017, fez a indicação da criação e construção do primeiro Hospital Público Veterinário do Norte do Brasil junto ao Poder Executivo, onde cobrou durante 12 meses um posicionamento a respeito, porém a Prefeitura Municipal nunca atendeu suas indicações e o projeto jamais saiu do papel.

Em dezembro do mesmo ano, recebeu da Assembléia Legislativa do Estado do Amazonas a medalha de [9]Ordem do Mérito Legislativo, comenda essa que é concedida para políticos em geral, personalidades do governo e pessoas da sociedade civil e militar por serviços de grande relevância prestados a sociedade que são do interesse público.

É autora de projetos de lei importantes como o [10]"Plano de Parto Individual", que prevê assistência para as gestantes, antes, durante e depois do parto, além de ter a garantia de sua decisão respeitada na hora do nascimento da criança, afim de combater a violência obstétrica. Autora também do projeto de lei 231/2017 intitulado [11]"Cão Comunitário" que prevê o bem estar e a proteção do animal que vive em uma comunidade específica, condomínio e bairro, onde a população tenha estabelecido vínculos com o mesmo, de forma com que o animal possa estar incluso nos programas públicos devendo ser castrado, vacinado e receber uma coleira de identificação.Foi responsável por idealizações pioneiras através de seu mandato de Vereadora, como a criação da Carona Animal, que promove serviços de transporte a pessoas que não possuem veículo próprio para se deslocar de um ponto a outro com seus animais, a Equipe Pet, que é responsável por averiguar, auxiliar e atender demandas provenientes da população a respeito de seus animais, de animais abandonados e casos de maus-tratos e a [12]Campanha de Castração Solidária que promove castrações em massa por valores populares para a sociedade com o apoio da iniciativa privada.

Em fevereiro de 2019 foi escolhida pelo atual Governador Wilson Miranda Lima para assumir a vice-liderança do Governo na Assembleia Legislativa do Amazonas, sendo a primeira vez que uma Deputada mulher assume um papel assim na história da casa legislativa.

No dia 30 de maio de 2019 Joana Darc foi escolhida pelo governador Wilson Lima para ser a líder do governo na Assembleia. [13]

No dia 21 de Agosto de 2019 Joana Darc, através de decisão proferida pela juíza eleitoral Kethleen dos Santos Gomes, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), foi declarada inelegível por oito anos, podendo ter seu mandato de deputada estadual cassado.[14] [1]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Defendo a causa animal há dez anos». Em tempo 
  2. «Feira terá cães e gatos para adoção no Sumaúma Park Shopping». Portal Manaus Alerta 
  3. «Ongs realizam evento com feira de adoção e vacinação gratuita». Portal do Holanda 
  4. «Evento Pizza com Pet reúne culinária e diversão entre animais e tutores em Manaus». A Critica 
  5. «Café com Pet terá doação de animais abandonados em Manaus». Portal D24AM 
  6. «Ato contra maus tratos a animais reune 200 pessoas em Manaus». G1 
  7. «Marcha da Defesa Animal reivindica hospital publico veterinario em maceio». Olhar Animal 
  8. «Resultado da votação para Joana Darc Protetora Animais no Amazonas». Gazeta do Povo 
  9. «aleam homenageia personalidades com a medalha de ordem do merito legislativo» 
  10. «Camara aprova lei que garante parto humanizado para gestantes em manaus». Portal do Holanda. 19 de julho de 2018 
  11. Autor desconhecido (21 de julho de 2018). «Animais abandonados serão protegidos por lei em Manaus». Em tempo 
  12. «Ong realiza castração de animais com preço mais barato em clinica da praça 14». A Critica 
  13. Horas, Redação Parintins 24 (30 de maio de 2019). «Deputada Joana Darc é anunciada como líder do governo na Aleam». Portal Parintins 24 Horas. Consultado em 30 de maio de 2019 
  14. «Líder do governo na ALE, Joana Darc fica inelegível e pode ser cassada». Portal de Notícias D24am - Amazonas. 21 de agosto de 2019. Consultado em 10 de setembro de 2019