Kirby's Dream Land 2

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Kirby's Dream Land 2
Desenvolvedor: HAL Laboratory
Distribuidor: Nintendo
Lançamento:

Japan 20 de março, 1995

Género: Plataforma
Jogadores: Singleplayer
Midia: Cartucho
Plataforma: Game Boy

Kirby's Dream Land 2, conhecido no Japão como Hoshi no Kirby 2 (星のカービィ2, Hoshi no Kābī Tsū?, lit. "Kirby of the Stars 2"), é um jogo de plataforma de video game desenvolvido pela HAL Laboratory e públicado pela Nintendo para o Game Boy. O jogo foi primeiramente lançado no Japão em 20 de março de 1995 e depois lançado na América do Norte em 1 de maio de 1995.[1] Foi lançado na Europa em 31 de julho de 1995.

Kirby's Dream Land 2 continua as aventuras de Kirby de Kirby's Dream Land e Kirby's Adventure, adicionando três amigos animais para ajudar Kirby na batalha. Ele pode ser jogado no Super Game Boy e dá pequenas mudanças no jogo, como adicionar um esquema de cores personalizado, uma borda especial do jogo e alguns novos efeitos sonoros.

O Kirby's Dream Land 2 estava programado para ser reescrito para o Game Boy Color como o Kirby's Dream Land 2 DX, mas foi cancelado junto com Metroid II: Return of Samus DX. O jogo original foi re-lançado no 3DS Virtual Console no Japão em 15 de fevereiro de 2012, em regiões PAL em 17 de maio de 2012, e na América do Norte em 1 de agosto de 2013. Kirby's Dream Land 2 também está incluído no disco Kirby 20th Anniversary Wii, Kirby's Dream Collection.

História[editar | editar código-fonte]

O enredo segue Kirby, um residente da Terra dos Sonhos. As Pontes do Arco-Íris que conectam as sete Ilhas Arco-Íris foram roubadas por uma força maligna chamada Dark Matter, que possuía o rei Dedede, com a intenção de conquistar a Terra dos Sonhos. Kirby decide derrotar Dark Matter, acompanhado por três novos amigos animais. Depois de viajar por sete ilhas diferentes, Kirby chega ao rei D. Dedede e o derrota.

Se o jogador já tiver coletado todas as sete Gotas de Arco-Íris de cada uma das ilhas, elas se formarão na Espada do Arco-Íris e exorcizarão a Matéria Negra do Dedede derrotado. Segurando o objeto místico, Kirby segue Dark Matter em um confronto final. Ele derrota Dark Matter e usa a espada para criar um novo arco-íris, restaurando assim a paz em Dream Land.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Kirby's Dream Land 2 foi um sucesso e se tornou um best-seller para o Game Boy, vendendo mais de um milhão de unidades.[2] No lançamento, Famicom Tsūshin marcou a versão Game Boy do jogo em 29 de 40. [3] Os quatro revisores da Electronic Gaming Monthly tiveram reações diferentes ao jogo, mas deram uma recomendação unânime baseada principalmente nos gráficos sólidos e na grande variedade de habilidades que o Kirby pode adquirir. Eles marcaram um 7,625 de 10. A GamePro também elogiou as muitas habilidades de Kirby. Embora eles reclamem que o jogo recicla muito conteúdo do Kirby's Dream Land original, eles concluíram que "embora nem tudo seja novo em Dream Land 2, tudo é definitivamente divertido."

A Nintendo Power listou o décimo melhor videogame Game Boy/Game Boy Color, elogiando-o por adicionar a habilidade de ganhar novos poderes comendo inimigos. Além disso, o jogo é conhecido por ser um dos jogos mais difíceis de obter uma classificação de conclusão de 100% na série Kirby.

Referências[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Kirby's Dream Land 2 - IGN.com (em inglês), consultado em 22 de abril de 2019 
  2. «The Magic Box: Platinum Game Chart, Japanese Console Games Sold Over One Million.». web.archive.org. 13 de dezembro de 2007. Consultado em 22 de abril de 2019