László Lovász

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
László Lovász
László Lovász, em 2007
Presidente da União Internacional de Matemática
Nascimento 9 de março de 1948 (74 anos)
Budapeste
Nacionalidade húngaro
Cidadania Hungria, Estados Unidos
Cônjuge Katalin Vesztergombi
Alma mater
  • Universidade Eötvös Loránd
Ocupação matemático, cientista de computação, professor(a) universitário(a), investigador(a)
Prêmios Prêmio George Pólya (1979), Medalha Brouwer (1993), Prêmio Wolf de Matemática (1999), Prêmio Gödel (2001), Prêmio Teoria John von Neumann (2006), Prêmio Kyoto (2010), Prêmio Fulkerson (2012). Prêmio Abel (2021)
Empregador Universidade Eötvös Loránd, Universidade Yale, Academia de Ciências da Hungria
Orientador(es) Tibor Gallai[1]
Orientado(s) András Frank, Tamás Szőnyi, Van Vu
Instituições Universidade Eötvös Loránd
Campo(s) matemática
Página oficial
https://www.cs.elte.hu/~lovasz/

László Lovász (Budapeste, 9 de março de 1948) é um matemático húngaro, mais conhecido por seu trabalho em combinatória, pelo qual recebeu o Prêmio Wolf de Matemática e o Prêmio Knuth em 1999.[2]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre László Lovász


Precedido por
Joseph Keller e Iakov Sinai
Prêmio Wolf de Matemática
1999
com Elias Stein
Sucedido por
Raoul Bott e Jean-Pierre Serre
Precedido por
Hillel Fürstenberg e Grigory Margulis
Prêmio Abel
2021
com Avi Wigderson
Sucedido por
Dennis Sullivan