União Internacional de Matemática

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
União Internacional de Matemática
Estado legal Associação sem personalidade jurídica, reconhecida como uma organização de serviço caritativo de Berlim, Alemanha
Propósito Promover a cooperação internacional em matemática
Sede IMU Secretariat, Markgrafenstr. 32, D-10117 Berlim, Alemanha
Filiação Conselho Internacional de Ciência
Presidente Ingrid Daubechies
Sítio oficial mathunion.org

A União Internacional de Matemática[1][2] ou União Matemática Internacional[3][4], conhecida como IMU (do inglês International Mathematical Union) é uma organização não governamental internacional dedicada à cooperação internacional no campo da matemática. Ela faz parte do Conselho Internacional de Ciência (ICSU) e organiza o Congresso Internacional de Matemáticos. Seus membros são organizações matemáticas nacionais de 86 países.

Referências

Membros[editar | editar código-fonte]

A União Internacional de Matemática possui ao todo 76 membros, que estão divididos em 5 grupos, sendo o Grupo 5 formado por 10 nações e considerado como grupo de elite da pesquisa em matemática mundial. [1][2] O Brasil, no início de 2018, passou a integrar esse grupo de elite tendo, em 2017, sido responsável por 2,35% da produção mundial de matemática.[3][4]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre educação ou sobre um educador é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Brasil é promovido ao grupo de elite da pesquisa em matemática mundial
  2. Member Countries
  3. Campos, Ana Cristina (25 de janeiro de 2018). «Brasil passa a integrar grupo de elite da União Matemática Internacional». Agência Brasil. Consultado em 14 de abril de 2018 
  4. Venturi, Jacir (28 de março de 2018). «O Brasil na elite mundial da matemática». Jornal Gazeta do Povo. Consultado em 14 de abril de 2018