Richard Schoen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Richard Schoen
Nascimento 23 de outubro de 1950 (69 anos)
Fort Recovery, Ohio
Nacionalidade Estadunidense
Alma mater Universidade Stanford
Prêmios Prêmio Bôcher (1989), Prêmio Wolf de Matemática (2017), Prêmio Schock (2017), Prêmio Heinz Hopf (2017)
Orientador(es) Leon Simon e Shing-Tung Yau
Instituições Universidade Stanford
Campo(s) Matemática
Tese 1977: Existence and Regularity Theorems for some Geometric Variational Problems

Richard Melvin Schoen (Fort Recovery, Ohio, 23 de outubro de 1950) é um matemático estadunidense.

Obteve o PhD em 1977 na Universidade Stanford, onde é atualmente professor da cátedra Anne T. and Robert M. Bass de Humanidades e Ciência.

Em 1988 foi eleito membro da Academia de Artes e Ciências dos Estados Unidos e em 1991 da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos. Recebeu o Prêmio Bôcher de 1989. Em 2017 recebeu o Prêmio Wolf de Matemática e o Prêmio Schock.[1] Também em 2017 recebeu o Prêmio Heinz Hopf e a Medalha Lobachevsky. Foi palestrante convidado do Congresso Internacional de Matemáticos em Varsóvia (1983: Minimal surfaces and positive scalar curvature) e em Berkeley (1986: New Developments in the theory of geometric partial differential equations). Foi palestrante plenário do Congresso Internacional de Matemáticos em Hyderabad (2010: Riemannian manifolds of positive curvature). É fellow da American Mathematical Society.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
James Arthur
Prêmio Wolf de Matemática
2017
com Charles Fefferman
Sucedido por
Alexander Beilinson e Vladimir Drinfeld


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.