Latinização (União Soviética)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Na antiga União Soviética, latinização (em russo: латиниза́ция — latinizatsiya) foi o nome dado a uma campanha nas décadas de 1920 e 1930 que visava substituir os tradicionais sistemas de escrita de numerosas línguas pelo alfabeto latino ou criar sistemas de escrita baseados no alfabeto latino para línguas que não tinham sistema de escrita. Quase todas as línguas turcomenas, línguas iranianas, línguas urálicas e várias outras foram romanizadas, num total de 50 dos 72 sistemas de escrita na União Soviética. Houve também planos para romanizar a língua russa e outras línguas eslavas, mas no final da década de 1930 a campanha da latinização foi cancelada e as escritas de todas as línguas entretanto romanizadas foram convertidas para o alfabeto cirílico.

Lenine (de acordo com Lunacharski) também foi defensor da romanização, mas opôs-se à romanização imediata da língua russa: "Se começarmos a implementar apressadamente o novo alfabeto ou apressadamente introduzir o latino, o que, de facto, será certamente necessário para se adaptar ao nosso, podemos cometer erros e criar muito espaço para críticas, falando sobre a nossa barbárie. Não tenho nenhuma dúvida de que o tempo virá para a romanização da fonte russa, mas agora vai estar com pressa para agir imprudentemente"[1]

Os seguintes idiomas foram latinizados, ou novos alfabetos lhes foram aplicados:

  1. Língua abaza
  2. Alfabeto abecásio
  3. Língua adigue
  4. Língua altai
  5. Língua neo-aramaica assíria
  6. Língua avar
  7. Alfabeto azeri
  8. Língua balúchi
  9. Língua bashkir
  10. Língua bujara
  11. Língua buryat
  12. Língua chechena
  13. Língua chinesa
  14. Língua chukchi
  15. Alfabeto tártaro da Crimeia
  16. Língua dargínica
  17. Língua dungana
  18. Línguas esquimó-aleútes
  19. Língua even
  20. Língua evenki
  21. Língua ingriana
  22. Língua ingush
  23. Língua itelmen
  24. Língua cabardiana
  25. Língua calmuca
  26. Língua carachaio-bálcara
  27. Língua karakalpak
  28. Língua carélia
  29. Alfabeto cazaque
  30. Língua ket
  31. Língua khakas
  32. Língua ostíaca
  33. Língua komi
  34. Língua koriaque
  35. Língua krimchaque
  36. Língua kumandin
  37. Língua kumyk
  38. Alfabeto curdo
  39. Alfabeto quirguiz
  40. Língua lak
  41. Língua laz
  42. Alfabeto lezgin
  43. Língua mansi
  44. Alfabeto moldavo
  45. Língua nanai
  46. Línguas nenets
  47. Língua nivkhe
  48. Língua nogai
  49. Língua osseta
  50. Alfabeto persa
  51. Língua lapônica
  52. Língua selkup
  53. Língua shor
  54. Língua shughni
  55. Língua tabassarã
  56. Alfabeto tajique
  57. Língua talysh
  58. Língua tat
  59. Língua tártara
  60. Língua tsakhur
  61. Alfabeto turcomeno
  62. Língua udihe
  63. Língua udi
  64. Língua uigur
  65. Língua uzbeque
  66. Língua vepes

Foram criados projetos para os seguintes idiomas:

  1. Língua aleúte
  2. Língua árabe
  3. Língua coreana
  4. Língua russa
  5. Língua ucraniana
  6. Língua udmurte

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Луначарский. Латинизация русской письменности