Liliana, Duquesa de Halland

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Liliana
Duquesa de Halland
Princesa Lilian em 1940
 
Cônjuge Walter Ivan Craig (1940-1945)
Bertil, Duque de Halland (1976-1997)
Casa Bernadotte
Nome completo
Liliana May Davies
Nascimento 30 de agosto de 1915
Swansea, País de Gales
Morte 10 de março de 2013 (97 anos)
Djurgården, Suécia
Sepultamento Kungliga begravningsplatsen, Solna, Suécia
Pai William John Davies
Mãe Gladys Mary Curran


Liliana, Duquesa de Halland, nascida Lillian May Davies; Swansea, 30 de agosto de 1915Estocolmo, 10 de março de 2013) foi uma modelo galesa, tendo sido membro da família real sueca desde que se casou com o príncipe Bertil, um tio do rei Carlos XVI Gustavo da Suécia, em 1976, até a data da sua morte, a 10 de março de 2013.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Infância[editar | editar código-fonte]

Nascida em Swansea, no País de Gales, filha de William John Davies e de Gladys Mary Curran, o seu nome escrevia-se Lillian, tendo ela retirado um 'L' quando se tornou uma modelo. Era vista em revistas de moda de renome, como a Vogue. Os seus pais separaram-se nos anos 20, contudo o divórcio oficial apenas teve lugar em 1939. Entre a separação e o divórcio, Lilian viveu com a sua mãe e com o padrasto.

Primeiro casamento e Segunda Guerra Mundial[editar | editar código-fonte]

De 1940 a 1945, Lilian foi casada com o ator britânico Ivan Craig. Durante a Segunda Guerra Mundial, trabalhou numa fábrica que fazia rádios para a Marinha Real Britânica e num hospital para soldados feridos.

Segundo casamento[editar | editar código-fonte]

Em 1943, Lilian conheceu o príncipe Bertil, Duque de Halland, em Londres, numa cocktail party por ocasião do seu 28.º aniversário. Pouco tempo depois do evento, os dois tornaram-se amantes, embora Lilian ainda estivesse casada com o seu primeiro marido.

Contudo, provavelmente, Bertil seria regente, devido à morte do seu irmão mais velho Gustavo Adolfo, duque de Västerbotten, príncipe herdeiro da Suécia, em 1947, que deixava um filho, o futuro rei Carlos Gustavo, com menos de um ano de idade, e porque os outros herdeiros tinham deixado os seus lugares na linha de sucessão (devido a matrimónios não autorizados). Por esta razão, Bertil escolheu não casar com Lilian, visto que esse casamento iria forçá-lo a abandonar o seu lugar na linha de sucessão; portanto, os dois viveram juntos discretamente durante mais de 30 anos.

Em 1946, o príncipe Bertil adquiriu uma casa em Sainte-Maxime, França, que se tornou no refúgio privado do casal. No entanto, Bertil não tornou-se regente, visto que o seu pai, o rei, viveu tempo suficiente para ver o seu neto Carlos Gustavo atingir a maioridade. Carlos Gustavo tornou-se então rei, em 1973, e, tendo ele próprio casado com uma plebeia, aprovou o casamento de Bertil e Lilian, que se realizou a 7 de dezembro de 1976 na Igreja do Palácio de Drottningholm, tendo contado com a presença do rei e da rainha.

Viuvez[editar | editar código-fonte]

O príncipe Bertil morreu a 5 de janeiro de 1997 em sua casa, com a princesa Lilian a seu lado. Desde a morte de Bertil e até 2010, Lilian continuou a representar a família real sueca em eventos oficiais e outras ocasiões. Era patrona de muitas organizações e também membro honorário de muitos clubes e sociedades que pertenciam à área de interesse do príncipe Bertil.

Em 2000, a princesa Liliana lançou uma biografia da sua vida com o príncipe Bertil.

Quando faleceu, aos 97 anos, Lilian era o mais velho membro tanto da família real sueca como de todas as famílias reais europeias. Em agosto de 2008, a princesa caiu e partiu o quadril no seu apartamento,[1] e em fevereiro de 2009 sofreu novamente uma queda em sua casa. A 3 de junho de 2010, foi anunciado que a princesa sofre de Alzheimer e deixou de aparecer em público.[2]

Morte[editar | editar código-fonte]

Lilian faleceu em 10 de março de 2013. A casa real sueca emitiu um comunicado explicando que a princesa morreu de forma pacífica enquanto dormia na sua casa em Estocolmo.[3]

Títulos[editar | editar código-fonte]

  • 07 de dezembro de 1976 – 10 de março de 2013: "Sua Alteza Real princesa Liliana da Suécia, A Duquesa de Halland"

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Liliana, Duquesa de Halland
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.