Lista de primeiros-ministros da Estônia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Primeiro-ministro da Estônia (estoniano: Eesti Vabariigi Peaminister) é o Chefe de governo da República da Estônia. O primeiro-ministro é escolhido pelo Presidente e confirmado pelo Parlamento. Ele é normalmente o líder do maior partido ou coalizão do Parlamento. O atual Primeiro-ministro é Jüri Ratas, que assumiu o cargo em 23 de novembro de 2016, representando a coalizão do Partido de Centro Estoniano (Eesti Keskerakond), Partido Social Democrata (Sotsiaaldemokraatlik Erakond) e União Pró Pátria e Res Publica (Isamaa ja Res Publica Liit).

A atividade de governo é conduzida pelo Primeiro-ministro, que é o atual chefe político do Estado. Ele não comando apenas um ministério em particular, mas é, de acordo com a constituição, o supervisor do trabalho do governo. A importância e o papel do Primeiro-ministro no governo e sua relação com outros ministros dependem freqüentemente da posição do partido liderado pelo primeiro-ministro no vis-à-vis com os membros da coalizão, e o quanto de influência o primeiro-ministro possui dentro do seu próprio partido. Se o primeiro-ministro tem uma posição forte dentro do seu partido e o governo é composto apenas por representantes daquele partido, ele pode desfrutar de considerável autoridade. Em todas as questões cruciais para a nação, porém, a palavra final pertence à Riigikogu como o poder legislativo.

História[editar | editar código-fonte]

A Estônia foi governada por um Primeiro-ministro durante os primeiros dois anos (1918-1920) de sua independência depois da queda do Império Russo.

Sob a constituição da Estônia de 1920, um sistema presidencialista foi adotado com o Chefe de governo da Estônia detendo os poderes do executivo. Sob uma nova constituição, aprovada por plebiscito em 1933, a posição do Primeiro-ministro foi recriada como chefe de governo em 1934, em um sistema parlamentarista. O Chefe de Estado naquela ocasião, Konstantin Päts, se auto-indicou para o cargo de Primeiro-ministro e nesta posição foi então capaz de suspender a eleição para Chefe de Estado e para o Parlamento da Estônia. Ele permaneceu no cargo de Primeiro-ministro, declarando-se "Protetor do Estado", até 1938, quando as eleições foram asseguradas por uma nova constituição e ele foi eleito Presidente.

Primeiros-ministros[editar | editar código-fonte]

de 1918 a 1920[editar | editar código-fonte]

Nome Início Término Partido Coalizão
1 Konstantin Päts [1] 24 de fevereiro de 1918 26 de novembro de 1918 União do Povo Rural Sem partido grande coalizão
2 Konstantin Päts [1] 26 de novembro de 1918 9 de maio de 1919 União do Povo Rural Sem partido grande coalizão
3 Otto Strandman 9 de maio de 1919 18 de novembro de 1919 Partido Estoniano do Trabalho ESDTP+TE+RE
4 Jaan Tõnisson 18 de novembro de 1919 28 de julho de 1920 Partido do Povo Estoniano ESDTP+TE+RE
5 Ado Birk [2] 28 de julho de 1920 30 de julho de 1920 Partido do Povo Estoniano TE+RE+KRE
6 Jaan Tõnisson (segunda vez) [3] 30 de julho de 1920 26 de outubro de 1920 Partido do Povo Estoniano RE
7 Ants Piip [4] 26 de outubro de 1920 21 de dezembro de 1920/25 de janeiro de 1921 Partido Estoniano do Trabalho TE


Os primeiros dois governantes foram Conselheiros do País (Maapäeva ou Maanõukogu valitsused); os cinco seguintes foram indicados por eleição direta da Assembléia Constituinte (Asutav Kogu).

de 1920 a 1934[editar | editar código-fonte]

O chefe de governo era chamado de "Chefe de Estado" (Riigivanem). Ele era o chefe do gabinete cabinet e era eleito pelo parlamento e dependia dele. Sendo assim o seu cargo era bem próximo do de um Primeiro-ministro, embora ele também tivesse algumas responsabilidades de presidente. Um presidente específico não existia; as funções presidenciais eram divididas entre o Chefe de Estado e o Presidente da Câmara dos Comuns do Parlamento. Um governante poderia ser, como ocorreu em 1919-1920, e às vezes era, colocado no cargo por uma maioria simples de votos, e poderia ser removido da mesma maneira.


Nome Início Término Partido Coalizão
1 Konstantin Päts 25 de janeiro de 1921 21 de novembro de 1922 União dos Fazendeiros TE+PK+RE+KRE
2 Juhan Kukk 21 de novembro de 1922 2 de agosto de 1923 Partido Estoniano do Trabalho TE+PK (+RE)
3 Konstantin Päts 2 de agosto de 1923 26 de março de 1924 União dos Fazendeiros PK+TE+RE+KRE
4 Friedrich Akel 26 de março de 1924 16 de dezembro de 1924 Partido das Pessoas Cristãs TE+RE+KRE
5 Jüri Jaakson 16 de dezembro de 1924 15 de dezembro de 1925 Partido do Povo Estoniano PK+ESDTP+TE+RE+KRE
6 Jaan Teemant 15 de dezembro de 1925 23 de julho de 1926 União dos Fazendeiros PK+TE+KRE+AS+RVP
7 Jaan Teemant 23 de julho de 1926 4 de março de 1927 União dos Fazendeiros PK+AS+RE+KRE+MAJA
8 Jaan Teemant 4 de março de 1927 9 de dezembro de 1927 União dos Fazendeiros PK+AS+RE+KRE+MAJA
9 Jaan Tõnisson 9 de dezembro de 1927 4 de dezembro de 1928 Partido do Povo Estoniano PK+AS+TE+RE
10 August Rei 4 de dezembro de 1928 9 de julho de 1929 Partido Estoniano dos Trabalhadores Socialistas ESTP+AS+TE+KRE
11 Otto Strandman 9 de julho de 1929 12 de fevereiro de 1931 Partido Estoniano do Trabalho PK+AS+TE+RE+KRE
12 Konstantin Päts 12 de fevereiro de 1931 19 de fevereiro de 1932 União dos Fazendeiros ESTP+PK+RE+MAJA
13 Jaan Teemant 19 de fevereiro de 1932 19 de julho de 1932 União dos Fazendeiros PK+AS+TE+RE
14 Kaarel Eenpalu 19 de julho de 1932 1 de novembro de 1932 Partido Unido dos Camponeses ÜPE+RKE
15 Konstantin Päts 1 de novembro de 1932 18 de maio de 1933 Partido Unido dos Camponeses Sem partido
16 Jaan Tõnisson 18 de maio de 1933 21 de outubro de 1933 Partido de Centro Nacional RKE+AS (+ PK oposição interna)
17 Konstantin Päts 21 de outubro de 1933 12 de março de 1934 Partido Unido dos Camponeses Sem partido


Legenda[editar | editar código-fonte]

PK - União dos Fazendeiros (Põllumeeste Kogud)
TE - Partido Estoniano do Trabalho (Eesti Tööerakond)
RE - Partido do Povo Estoniano (Eesti Rahvaerakond)
ESDTP - Partido Estoniano dos Trabalhadores Social-Democratas /Eesti Sotsiaaldemokraatiline Partei; desde 1925 ESTP - Partido Estoniano dos Trabalhadores Socialistas (eesti Sotsialistlik Tööliste Partei
AS - Partido dos camponeses (Asunikud ...)
KRE Partido das Pessoas Cristãs (Kristlik Rahvaerakond)
RVP - Partido Liberal Nacional (Rahvuslik Vabameelne Partei)
MAJA - União das Sociedades de Proprietários de Terras (Üleriiklik Majaomanike Seltside Liit)
ÜPE - Partido Unido dos Camponeses (Ühinenud Põllumeeste erakond), antigos PK+AS
RKE - Partido de Centro Nacional (Rahvuslik Keskerakond), antigos RE+TE+KRE+MAJA


Governos de:
1-2 - I Riigikogu
3-6 - II Riigikogu
7-10 - III Riigikogu
11-13 - IV Riigikogu
14-17 - V Riigikogu

de 1934 a 1937[editar | editar código-fonte]

Nome Início Término Partido
Konstantin Päts (segunda vez) 24 de janeiro de 1934 3 de setembro de 1937 Sem partido

de 1938 a 1940[editar | editar código-fonte]

Nome Início Término Partido
6 Kaarel Eenpalu [5] 9 de maio de 1938 12 de outubro de 1939 Sem partido
7 Jüri Uluots 12 de outubro de 1939 21 de junho de 1940 Associação Nacional
8 Johannes Vares 21 de junho de 1940 25 de agosto de 1940 Partido Comunista Estoniano

de 1991 até o presente[editar | editar código-fonte]

Nome Início Término Partido
Edgar Savisaar (suplente) 20 de agosto de 1991 29 de janeiro de 1992 Frente Popular da Estônia
Tiit Vähi (suplente) 29 de janeiro de 1992 21 de outubro de 1992 (nenhum)
9 Mart Laar 21 de outubro de 1992 8 de novembro de 1994 União Pró Pátria
10 Andres Tarand 8 de novembro de 1994 17 de abril de 1995 Moderados
11 Tiit Vähi (segunda vez) 17 de abril de 1995 17 de março de 1997 Partido Estoniano de Coalizão
12 Mart Siimann 17 de março de 1997 25 de março de 1999 Partido Estoniano de Coalizão
Mart Laar (segunda vez) 25 de março de 1999 28 de janeiro de 2002 União Pró Pátria
13 Siim Kallas 28 de janeiro de 2002 10 de abril de 2003 Partido Reformista Estoniano
14 Juhan Parts 10 de abril de 2003 12 de abril de 2005 Res Publica
15 Andrus Ansip 12 de abril de 2005 26 de março de 2014 Partido Reformista Estoniano
16 Taavi Rõivas 26 de março de 2014 23 de novembro de 2016 Partido Reformista Estoniano
17 Jüri Ratas 23 de novembro de 2016 presente Partido de Centro Estoniano

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. a b Päts esteve preso até 20 de novembro de 1918. Desde este tempo ele foi indicado para o cargo de Primeiro-ministro até ele ser solto, Jaan Poska assumiu os deveres de primeiro-ministro ao lado dele.
  2. Embora indicado, Birk nunca assumiu o cargo.
  3. Foi primeiro-ministro suplente de 29 de julho à 30 de julho de 1920.
  4. Chefe de Estado desde dezembro.
  5. Foi primeiro-ministro suplente de 21 de abril até 9 de maio de 1938.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]