Luigi Apolloni

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Luigi Apolloni
Informações pessoais
Nome completo Luigi Apolloni
Data de nasc. 2 de maio de 1967 (51 anos)
Local de nasc. Frascati, Itália
Altura 1,85 m
Informações profissionais
Equipa atual Parma
Posição Defensor
Clubes de juventude
Lodigiani
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1983–1984
1984–1986
1986–1987
1987–2000
1999–2000
2000–2001
Lodigiani
Pistoiese
Reggiana
Parma
Verona (emp.)
Verona
0000 0000(0)
0035 0000(0)
0032 0000(0)
0304 0000(8)
0028 0000(2)
0023 0000(2)
Seleção nacional
1994–1996 Itália 0015 0000(0)
Times/Equipas que treinou
2009–2010
2010
2012
2012–2013
2013–2014
2015
2015–2016
Modena
Grosseto
Gubbio
Reggiana
Gorica
Lentigione
Parma
0043
0008
0009
0010
0043

0058

Luigi Apolloni (Frascati, 2 de maio de 1967) é um treinador de futebol e ex-futebolista italiano, que atuava como zagueiro. Apolloni atuou pelo Parma por 13 temporadas, onde conquistou vários títulos. A nível internacional, ele integrou o elenco da seleção da Itália, vice campeã da Copa do Mundo FIFA de 1994.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Apolloni iniciou sua carreira pelo Lodigiani na temporada de 1983-84. No entanto, ele não atuou em nenhum jogo até se transferir para o Pistoiese, onde estreou no futebol profissional.

Após dois anos no Pistoiese, transferiu-se para o Reggiana, onde atuou por uma temporada na Série C1. Em 1987, transferiu-se para o Parma e tornou-se um membro-chave da equipe, um pilar na formação defensiva da equipe ao lado de Lorenzo Minotti. Ambos os jogadores formaram uma notável parceria defensiva, ajudando o clube a subir para a primeira divisão nacional e, eventualmente, classificando-se para competições internacionais.

Durante o período que defendeu o Parma, Apolloni conquistou duas Copa da Itália (1991–92 e 1999-00), a Taça dos Clubes Vencedores de 1992–93 e uma Supercopa da UEFA em 1993.[1] Ele também conquistou duas Copas da UEFA em 1995 e 1999, além da Supercopa da Itália de 1999.[1]

Em 1996, uma grave lesão o afastou do futebol por um período, Apolloni não conseguiu recuperar seu lugar na formação inicial da equipe, e se transferiu para o Verona em 1999. Encerrou sua carreira em 2001.

Seleção Italiana[editar | editar código-fonte]

Apolloni foi convocado para integrar a seleção italiana que era treinada na época por Arrigo Sacchi, ele estreou pela seleção em 27 de maio de 1994, numa vitória por 2-0 sobre a Finlândia, coincidentemente em Parma.[2] No geral, atuou em 15 partidas pela a Itália entre 1994 e 1996,[3] integrando o elenco da seleção vice campeã da Copa do Mundo FIFA de 1994, perdendo a final nas penalidades para o Brasil.[4] Ele também integrou o elenco da Eurocopa de 1996, atuando na vitória sobre a Rússia e na derrota para a República Tcheca,[5] na qual ele foi expulso.[6] A Itália foi eliminada na primeira fase do torneio.[7]

Carreira como treinador[editar | editar código-fonte]

Em 2006, Apolloni seguiu o exemplo de Daniele Zoratto, e atuou como assessor do Modena. Em 2007, ele foi demitido junto com o treinador Zoratto, mas retornou ao clube em abril de 2008.[8] Em janeiro de 2009, Apolloni foi nomeado técnico interino após a saída de Zoratto.[9] Ele foi efetivado após conseguir salvar o clube do rebaixamento. Em sua primeira temporada completa, a equipe de Apolloni terminou em uma posição intermediária, apesar das graves questões financeiras. Em julho de 2010, ele deixou o Modena para treinar o Grosseto, clube da segunda divisão.[10] Porém, ele foi demitido poucos meses depois.[11] Em 2 de abril de 2012, ele foi anunciado como o novo treinador do Gubbio com contrado até o final da temporada.[12]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Parma[editar | editar código-fonte]

Como treinador[editar | editar código-fonte]

  • Copa da Eslovênia: 2013-2014
  • Serie D: 2015-2016

Referências

  1. a b «Luigi Apolloni» (em italiano). eurosport.com. Consultado em 21 de dezembro de 2017. Cópia arquivada em 4 de março de 2016 
  2. «Buon compleanno ad Apolloni, Diamanti e Dossena!» [Happy birthday to Apolloni, Diamanti and Dossena!] (em italiano). Vivo Azzurro. 2 de fevereiro de 2015. Consultado em 23 de novembro de 2015. Cópia arquivada em 7 de novembro de 2017 
  3. «Convocazioni e presenze in campo: Luigi Apolloni» (em italiano). FIGC. Consultado em 23 de janeiro de 2015. Cópia arquivada em 7 de novembro de 2017 
  4. «World Cup Usa '94 / The Final : Facts And Figures» (em inglês). The Los Angeles Times. 18 de julho de 1994. Consultado em 23 de novembro de 2015. Cópia arquivada em 21 de dezembro de 2017 
  5. «Instinctive Casiraghi helps Italy sink Russia». UEFA.com. 6 de outubro de 2003. Consultado em 23 de novembro de 2015. Cópia arquivada em 10 de novembro de 2017 
  6. «Bejbl completes Italian job for Czechs». UEFA.com. 6 de outubro de 2003. Consultado em 23 de novembro de 2015. Cópia arquivada em 9 de novembro de 2017 
  7. «Italy pay penalty for Germany stalemate». UEFA.com. 6 de outubro de 2003. Consultado em 23 de novembro de 2015. Cópia arquivada em 8 de novembro de 2017 
  8. «Modena: via Mutti, torna Zoratto» (em inglês). RAI Sport. 20 de abril de 2008. Consultado em 26 de abril de 2008. Arquivado do original em 24 de abril de 2008 
  9. «Cambia la guida tecnica al Modena F.C.» (em italiano). Modena FC. 26 de janeiro de 2009. Consultado em 26 de janeiro de 2009. Arquivado do original em 1 de fevereiro de 2009 
  10. «Apolloni incontra la stampa» (em italiano). US Grosseto FC. 6 de julho de 2010. Consultado em 12 de julho de 2010. Arquivado do original em 16 de julho de 2011 
  11. «Esonerato Luigi Apolloni» (em italiano). usgrosseto1912.it. 27 de setembro de 2010. Arquivado do original em 22 de julho de 2011 
  12. «Ufficializzato l'ingaggio del tecnico Luigi Apolloni» (em italiano). A.S. Gubbio 1910. 2 de abril de 2012. Consultado em 2 de abril de 2012. Cópia arquivada em 4 de março de 2016