Luca Bucci

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Luca Bucci
Luca Bucci
Bucci em 1994.
Informações pessoais
Nome completo Luca Bucci
Data de nasc. 13 de março de 1969 (48 anos)
Local de nasc. Bolonha,  Itália
Altura 1,80 m[1]
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Goleiro
Clubes de juventude
1984–1985 Itália Parma
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1986–1987
1987
1987–1988
1988–1990
1990–1992
1992–1993
1993–1997
1997
1997–2003
2003–2004
2005–2008
2009
Itália Parma
Itália Pro Patria (Vindo de Empréstimo)
Itália Rimini (Vindo de Empréstimo)
Itália Parma
Itália Casertana
Itália Reggiana
Itália Parma
Itália Perugia (Vindo de Empréstimo)
Itália Torino
Itália Empoli
Itália Parma
Itália Napoli
1 (0)
1 (0)
1 (0)
4 (0)
67 (0)
36 (0)
95 (0)
17 (0)
160 (0)
17 (0)
81 (0)
1 (0)
Seleção nacional
1994–1995 Flag of Italy.svg Itália 3 (0)

Luca Bucci (Bolonha, 13 de março de 1969) é um ex-futebolista italiano que atuava como goleiro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Iniciou a carreira profissional em 1986, pelo Parma, clube que defenderia em 4 oportunidades. Entre 1986 e 1988, foi emprestado a Pro Patria e Rimini para ganhar experiência, tendo atuado em 1 partida por cada equipe.

Voltaria ao Parma em 1989, disputando apenas 4 jogos até 1990. Foi com a Casertana, então na série C1 (atual Lega Pro) que o goleiro engatou uma sequência de jogos: em 2 temporadas com os Rossoblù, foram 67 partidas disputadas. Ainda disputou uma temporada com a Reggiana antes de voltar ao Parma em 1993, quando perdeu a titularidade para o brasileiro Taffarel. Nos Granata, o goleiro conquistou seu primeiro título por clubes: a Série B de 1992-93.

A terceira passagem de Bucci no Parma foi mais bem-sucedida que as anteriores, culminando com as conquistas da Copa da UEFA de 1994-95 e da Supercopa Europeia de 1993. Após ser desbancado pelo jovem Gianluigi Buffon na temporada 1996-97,[2][3] o goleiro foi novamente emprestado, desta vez ao Perugia, onde jogou 17 partidas. Também em 1997, assinou com o Torino, onde realizou 160 jogos até 2003, conquistando mais um título, novamente na segunda divisão, em 2000-01.

Bucci disputou a temporada 2003-04 com o Empoli, mas, com a queda para Série B, seria dispensado.[3][2] Permaneceu o restante de 2004 parado, voltando ao Parma em janeiro de 2005, substituindo o também experiente Gianluca Berti, negociado com o Torino.[4] Era o reserva imediato da equipe, tendo jogado 81 partidas até 2008, quando encerrou o contrato.[3][2] Embora atuasse no gol, Bucci não usava o 1 em sua camisa, preferindo utilizar o 5.

Sem clube desde então, assinou com o Napoli, que precisava de um goleiro para suprir a ausência dos demais, que sofriam com lesões.[5] A única partida com a camisa dos Partenopei foi em abril, contra o Cagliari,[6] sendo o quinto atleta da posição a representar o Napoli em partidas na temporada 2008-09 (os outros foram Gennaro Iezzo, Nicolás Navarro, Matteo Gianello e Luigi Sepe).[7][3] Foi também a última partida de Bucci na carreira, encerrada aos 40 anos.

Em 2011, voltaria novamente ao Parma, desta vez para exercer a função de treinador de goleiros nas categorias de base do clube.[8][3]

Seleção Italiana[editar | editar código-fonte]

Com a Seleção Italiana de Futebol, Bucci realizou apenas 3 jogos, entre 1994 e 1995. Integrou o elenco que ficou em segundo lugar na Copa de 1994, e que amargou uma eliminação na fase de grupos da Eurocopa de 1996, Nos dois torneios, o goleiro não atuou em nenhuma partida.

Referências

  1. «Luca Bucci». National Football teams. Consultado em 23 de abril de 2015 
  2. a b c Luca Momblano. «Luca Bucci e il numero 5 sulle spalle: una storia nera». Consultado em 24 de maio de 2015 
  3. a b c d e Benedetto Ferrara (17 de junho de 2009). «Bucci si sfila i guanti Se non ci fosse stato Buffon...» (em italiano). La Repubblica. Consultado em 24 de maio de 2015 
  4. «Bucci answers Parma call». UEFA.com. 20 de janeiro de 2005. Consultado em 7 de julho de 2010 
  5. «Luca Bucci si allenerà a Castelvolturno col Napoli» [Luca Bucci to train at Castelvolturno with Napoli] (em italiano). SSC Napoli. 5 de fevereiro de 2009. Consultado em 5 de fevereiro de 2009 
  6. «Cagliari spettacolo, Jeda-Lazzari e il Napoli è ko» (em italiano). Datasport. 19 de abril de 2009. Consultado em 30 de abril de 2009 
  7. «Napoli, è l' ora del quinto portiere E il "vecchio" Bucci si emoziona» (em Italian). La Gazzetta dello Sport. 19 de abril de 2009. Consultado em 30 de abril de 2009 
  8. «Settore Giovanile Organigramma». Parma FC (em italiano). Consultado em 7 de julho de 2010 
Bandeira de ItáliaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas italianos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.