Manuel José Pires da Silva Pontes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Manuel José Pires da Silva Pontes (Minas Gerais — Minas Gerais, 1850) foi um político brasileiro.

Foi presidente da Província do Espírito Santo, de 21 de abril de 1833 a 5 de maio de 1835. Reorganizou a força militar da província criando a Companhia de Guarda de Polícia Provincial, por intermédio da Lei Provincial nº 9, decretada pela Assembléia Legislativa em 6 de abril de 1835, e por ele sancionada.[1]

Serviu por muitos anos no cargo de guarda-mor das minas. Foi deputado na segunda legislatura da assembléia provincial mineira,[2]

Naturalista e literato, era sócio do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro,[carece de fontes?] tendo escrito vários trabalhos na área de etnografia, muitos deles publicados na revista do instituto.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Antônio Pinto Chichorro da Gama
Presidente da Província do Espírito Santo
1833 — 1835
Sucedido por
Joaquim José de Oliveira


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.