Maria Amélia Buarque de Hollanda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Maria Amélia Alvim Buarque de Hollanda (25 de janeiro de 1910[1] - 4 de maio de 2010) foi uma intelectual brasileira.

Neta de Cesário Alvim, esposa de Sérgio Buarque de Holanda e mãe de Chico Buarque, Miúcha, Ana de Hollanda e Cristina Buarque, Maria Amélia foi uma das fundadoras do Partido dos Trabalhadores.[2] Maria Amélia também foi colaboradora intelectual de parte da obra de Sérgio Buarque de Holanda, de acordo com declaração de Antonio Cândido no filme Raízes do Brasil: uma cinebiografia de Sérgio Buarque de Hollanda.

Referências

  1. BUARQUE DE HOLANDA, Bartolomeu; PEÇANHA, Sônia. Buarque - uma família brasileira. Ensaio histórico-genealógico. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2007, p. 214.
  2. «Morre Maria Amélia Buarque de Hollanda, mãe de Chico Buarque». Consultado em 19 de julho de 2010