Masters of the Universe (revista em quadrinhos)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Masters of the Universe
Masters of the Universe mini-quadrinho 01.jpg
Capa do primeiro mini-quadrinho, publicado em 1981.
País de origem Estados Unidos
Editora (s) Mattel
DC Comics
Marvel Comics
Image Comics
Formato de publicação Mini-comics
Formatinho
Formato americano
Personagens principais Masters of the Universe
Título em português He-Man
Masters of the Universe
He-Man and Masters of the Universe
Editora(s) lusófona(s) Editora Abril
Estrela
Panini Comics

A linha de action figures da Mattel, Masters of the Universe possuiam como brindes pequenas revistas em quadrinhos chamadas de mini-comics.

Mais tarde a Mattel encomendou séries de quadrinhos produzidas pelas editoras DC Comics, Marvel Comics e Image Comics.[1][2]

Publicação[editar | editar código-fonte]

A série foi publicada inicialmente em 1981 em mini-quadrinhos que acompanhavam os bonecos da marca.

Em Novembro de 1987 foi publicada pela Marvel Comics, uma adaptação em quadrinhos do filme Masters of the Universe, lançado no mesmo ano.[3]

Em 2002 a série em quadrinhos ganhou uma nova adaptação, publicada em quatro volumes pela Image Comics, baseada na nova versão da série animada que foi ao ar no mesmo ano pelo canal Cartoon Network.[4]. Em 2011, novas minicomics foram produzidas pela Dark Horse[5], no ano seguinte, em comemoração dos 30 anos da franquia[6], a DC Comics inicia uma nova série com roteiros de James Robinson e Keith Giffen.[7]


Em 2016, a DC Comics anunciou um crossover da franquia com ThunderCats.[8]

No Brasil[editar | editar código-fonte]

Entre os anos de 1986 e 1988, a Editora Abril publicou no Brasil uma série de revistas em formatinho.[9] Algumas edições eram compostas de material original da Marvel Comics/Star Comics,[10] mas sem material suficiente para a série, foram produzidas histórias criadas por artistas brasileiros, como Gedeone Malagola,[11] Watson Portela[12], Rodolfo Zalla, Rodval Matias,[11] Marcelo Campos,[13] entre outros. Em 1987, a tradicional fábrica de brinquedos Estrela seguiu o exemplo da Mattel, introduzindo à coleção brasileira de Masters of the Universe, os mini-comics produzidos por artistas brasileiros.[14]

Em 2004, a Panini Comics publicou 4 edições da revista "He-Man and The Masters of the Universe", originalmente da editora Image Comics, em formato americano.[9][15]

Referências

  1. «MASTERS OF THE UNIVERSE Comic Book». Mania.com 
  2. «Help Save He-Man!». Comics Bulletin 
  3. «Masters of the Universe: The Motion Picture Comic Adaptation» (em inglês). He-Man.org 
  4. PIOLHO, Rodrigo. «He-Man volta aos quadrinhos pela Image». Omelete 
  5. Leandro Damasceno (1 de agosto de 2011). «He-Man: bonecos virão com novas mini-comics». HQManiacs 
  6. Leonardo Vicente Di Sessa (9 de abril de 2012). «He-Man terá minissérie pela DC Comics». HQManjacs 
  7. Leonardo Vicente Di Sessa (12 de julho de 2012). «Mudança de roteirista em He-Man». HQManiacs 
  8. DC Comics lançará crossover de He-Man e ThunderCats
  9. a b Waldomiro Vergueiro (08 de Abril de 2004). «HQ: He-Man and the masters of the universe». Omelete  Verifique data em: |data= (ajuda)
  10. x (29 de dezembro de 2003). «He-Man nos idos dos anos 80». HQManiacs 
  11. a b Gonçalo Júnior (2002). «Gedeone, o mestre do terror». Lobisomem. Col: Coleção Opera Brasil. 4. [S.l.]: Opera Graphica 
  12. He-Man and The Masters of The Universe # 15
  13. Sidney Gusman e Marco Moretti (Novembro de 2004). "Marcelo Campos - O desbravador do mercado norte-americano". Wizard Brasil (14). Panini Comics
  14. «Comics - Masters of the Universe Minicomics (Estrela)». He-Man.org 
  15. «Lançamentos de Maio de 2004». Universo HQ 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.