Maurice Lugeon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Maurice Lugeon
Nascimento 10 de julho de 1870
Poissy, perto de Paris
Morte 23 de outubro de 1953 (83 anos)
Lausanne
Nacionalidade Suíça Suíço
Prêmios Prémio Prestwich (1906)
Medalha Wollaston (1938)
Medalha Gustav Steinmann (1949)
Campo(s) Geologia

Maurice Lugeon (Poissy, perto de Paris, 10 de julho de 1870Lausanne, 23 de outubro de 1953) foi um geólogo suíço. Foi o primeiro a descrever uma interpretação detalhada dos Alpes.

Com seis anos de idade foi para Lausanne, na Suíça. Graduou-se na Universidade de Lausanne em 1893, onde se tornou professor de geologia a partir de 1898. Foi aluno de Eugène Renevier (1831-1906).

Foi membro da Academia das Ciências de Paris e da Royal Society de Londres, laureado com o Prémio Prestwich pela Société Géologique de France (SGF) em 1906,[1] com a medalha Wollaston pela Sociedade Geológica de Londres em 1938[2] e com a Medalha Gustav Steinmann em 1949 pela Sociedade Geológica da Alemanha.

A unidade de medida da permeabilidade da água através de maciços rochosos denominada "lugeon" (Lu) foi denominada em sua homenagem.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • "Barrages et géologie" 1932

Referências

  1. «Prix Joseph PRESTWICH» (em francês). Société géologique de France. Consultado em 22 de dezembro de 2015. Cópia arquivada em 22 de dezembro de 2015 
  2. «Award Winners Since 1831 / Wollaston Medal» (em inglês). The Geological Society of London. Consultado em 10 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 25 de julho de 2015 


Precedido por
Pierre-Marie Termier
Prémio Prestwich
1906
Sucedido por
Léon Carez
Precedido por
Waldemar Lindgren
Medalha Wollaston
1938
Sucedido por
Frank Dawson Adams
Precedido por
Johannes Wanner
Medalha Gustav Steinmann
1949
Sucedido por
Bruno Sander


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.