Augusto Gansser

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Augusto Gansser
Geologia
Nacionalidade Itália Italiano, Suíça Suiço
Nascimento 28 de outubro de 1910
Local Milão
Morte 9 de janeiro de 2012 (101 anos)
Local Massagno
Atividade
Campo(s) Geologia
Prêmio(s) Medalha Wollaston (1980)
Medalha Gustav Steinmann (1982)

Augusto Gansser-Biaggi (Milão, 28 de outubro de 1910Massagno, 9 de janeiro de 2012) foi um geólogo e cientista italiano e suíço, conhecido como o "pai do Himalaya".

Estudou geologia na Universidade de Zurique. Prospectou jazidas petrolíferas na Colômbia, Trinidad e Irã de 1938 a 1957, e lecionou geologia na Universidade de Zurique, de 1958 a 1977.

Gansser-Biaggi participou de várias expedições geológicas através mundo: para a América do Sul (Andes, Patagônia, Brasil, ...), ao Ártico, a Antártica, a Rússia, ao Oriente Médio, entre outras. Porém, seu trabalho mais importante foi determinar a estrutura geológica do Himalaya.

Foi laureado com a Medalha Wollaston de 1980 pela Sociedade Geológica de Londres[1] e com a Medalha Gustav Steinmann de 1982.

Morreu com 101 anos de idade na comuna de Lugano, em Massagno, Suíça.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • "Geology of the Himalaya" (1964)
  • "Geology of the Bhutan Himalaya" (1983)

Referências

  1. Award Winners Since 1831 / Wollaston Medal (em inglês) The Geological Society of London. Visitado em 10 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 25 de julho de 2015.
  • J. Pika, T. Rice-Schumacher, Publikationsliste Augusto Gansser, 2000.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Hatten Schuyler Yoder
Medalha Wollaston
1980
Sucedido por
Robert Minard Garrels
Precedido por
Henno Martin
Medalha Gustav Steinmann
1982
com Adolf Watznauer
Sucedido por
Wolf von Engelhardt


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) geólogo(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.