Mauro Beting

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde agosto de 2012)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Mauro Beting
Nascimento Mauro Alexandre Zioni Beting
2 de setembro de 1966 (48 anos)
São Paulo,  São Paulo
Nacionalidade  brasileiro
Ocupação jornalista esportivo
Principais trabalhos Rede Bandeirantes
Rede Globo
ESPN Brasil
SporTV
Fox Sports Brasil

Mauro Alexandre Zioni Beting (São Paulo, 2 de setembro de 1966) é um jornalista esportivo brasileiro.

Mauro Beting, paulistano de 47 anos, mais conhecido como "Cabelos ao Vento" é jornalista formado pela FIAM em 1988 e fez cinco anos de Faculdade de Direito na USP. Estudou nos colégios Lourenço Castano (1972 a 1977) e Dante Alighieri (1978 a 1984). É filho do falecido jornalista Joelmir Beting.

É jornalista desde março de 1987. Trabalhou como produtor e apresentador na TV Bandeirantes, de 1987 a 1991, conciliando, desde 1989, com reportagem de política e crítica musical na ”Folha da Tarde” paulista. Por dois anos apresentou programa de rock alternativo na Brasil 2000 FM com Kid Vinil (1990-91). Em 1990 começou a escrever coluna diária de esportes no jornal paulistano “Folha da Tarde”, enquanto dava aula de reportagem na Fiam (de 1990 a 1993), e escrevia crônicas para revista do shopping Morumbi e uma coluna de economia para um jornal do Mato Grosso.

Desde a Copa de 1990, se especializou na área esportiva, fazendo cursos de arbitragem (1995) e treinador de futebol (1997).

Como comentarista e apresentador de rádio, trabalhou na Gazeta (1991 a 1996), Rádio USP (1991 a 1994), Rádio Trianon (2001) e Rádio Bandeirantes (desde 2003), onde conquistou oito prêmios ACEESP como melhor comentarista de rádio (recorde histórico na categoria).

Como comentarista e apresentador de TV, trabalhou na TV Gazeta (1991 a 1995), Sportv (1995 a 1997), TV Bandeirantes (1997 a 2001, e desde 2004), PSN (2000 a 2001), TV Cultura (2000), TV Record (2002 a 2003), Bandsports (desde 2004) e TV Esporte Interativo (de 2007 a 2014), onde recebeu três prêmios ACEESP como comentarista de TV, e foi eleito “melhor comentarista de TV” em enquete do UOL, em abril de 2013, com mais de 45 mi votos. Atualmente está no canal Fox Sports.

Como colunista de jornal, “Folha da Tarde” (de 1990 a 2006) e “Lance!” (desde 2006), quando foi por cinco vezes finalista do Prêmio Comunique-se na categoria jornalista de imprensa escrita.

Como colunista de revista, “Trivela” (de 2006 a 2008), “Fut Lance!” (de 2008 a 2012) e “Foot Balll” (em 2010-11).

Como colunista de portal de internet, coluna semanal no portal da PSN (2000 a 2001), “America Online” (de 2002 a 2004), Yahoo! (desde 2005) e portal Cidade do Futebol (desde 2008).

Como blogueiro, no Lancenet!, desde 2006.

Como videoblogueiro, no Yahoo! desde 2010.

Como comentarista da Rádio e TV Lance!, na internet, desde 2008.

Foi professor de Jornalismo na Fiam, de 1990 a 1993.

Tem 14 livros publicados:

Bolas e Bocas – Frases de Craques e Bagres do Futebol – Editora LeiaSempre, 2003

Formação e Informação Esportiva: Jornalismo Esportivo – Editora Summus, 2005, com Sergio Vilas Boas, José Eduardo de Carvalho, José Cruz, Flavio Gomes, Elias Awad, Denise Mirás e Cláudia Coutinho.

O Dia em Que Me Tornei Palmeirense – Panda Books, 2006

Os 10 Mais do Palmeiras – Maquinária Editora, 2009

As Melhores Seleções Estrangeiras de Todos os Tempos – Editora Contexto, 2010

Memórias Futebolísticas de Mauro Beting – Palmeiras – Futebol é com a Rádio Bandeirantes – Audiolivro Panda Books, 2011

1981 – Como um craque idolatrado, um time fantástico e uma torcida inigualável fizeram o Flamengo ganhar tantos títulos e conquistar o mundo em um só ano – Maquinária Editora, 2011, com André Rocha.

Nunca Fui Santo – a autobiografia de Marcos, Universo dos Livros, 2012

A Ira de Nasi – a biografia do Ira! e de Nasi, Editora Belas Letras, 2012, com Alexandre Petillo.

Palmeiras 1993 – O fim do jejum, o início da Lenda – A autobiografia de Evair, BB Editora, 2013, com Fernando Galuppo.

Neymar – Conversa entre pai e filho – a autobiografia de Neymar e Neymar Jr, Universo dos Livros, 2013, com Ivan Moré.

Nós Acreditamos – Atlético Mineiro campeão da Libertadores 2013 – BB Editora, 2013, com Leonardo Bertozzi e Mario Marra.

20 Jogos Eternos do Palmeiras – Maquinária Editora, 2013

Palmeiras, 100 Anos de Academia - Livro Oficial do Centenário, Editora Magma Cultural, 2014, com Fábio Chiorino, Leandro Beguoci, Gino Bardelli e Marcelo Mendez.


A autobiografia do goleiro Marcos foi o livro mais vendido do Brasil por duas semanas na relação da revista Veja. O livro foi lançado em agosto de 2013 em uma livraria paulista e teve público recorde de mais de 8 mil presentes. O goleiro assinou a obra das 18h30 até 2h50 da manhã.

Atualmente está escrevendo mais cinco livros, sem contar orelhas, prefácios, apresentações e posfácios.

Até 2014 lançará mais três biografias, e dois livros sobre música e futebol.

Até 2015 será co-roteirista e co-diretor da trilogia oficial de filmes do Palmeiras. O primeiro será lançado até o final de 2013 – 12 de Junho de 1993 – O Dia da Paixão Palmeirense, com roteiro e direção de Jaime Queiróz, montagem de Abner Palma, produção de Kim Teixeira e da Canal Azul.

Além de co-roteirista e co-diretor de séries de programas a respeito da história do futebol para televisão.

Autor de mais de 50 prefácios, posfácios, apresentações e orelhas de livros sobre Jornalismo, Jornalismo Esportivo e futebol. A maioria relacionados a Corinthians e Palmeiras.

Apresenta palestras e eventos de esportes, Jornalismo e outras áreas.

É comentarista na versão em português do game Pro Evolution Soccer (Konami) desde 2011. O videogame mais vendido do Brasil em qualquer categoria em 2012.

É mentor e produtor de um canal exclusivo para youtube de futebol e humor – C.H.U.P.A. F.C – Canal de Hominídeos Uniformizados Para Arregaçar o Futebol e o C...

Foi casado com a jornalista Helen Martins, apresentadora do Globo Rural, com quem tem dois filhos. Desde 2013 é casado com a gerente comercial e coach Silvana Ramenzoni Sefrin Beting.

Em 1º de agosto de 2013, foi demitido da Rádio Bandeirantes. A comoção causada pela sua saída nas redes sociais foi tão grande (chegou a ser o primeiro lugar no trending topic mundial no twitter) que foi recontratado no dia seguinte, depois de o colega de trabalho Neto oferecer o próprio cargo para que ele voltasse à rádio.

Em 2014 Mauro Beting deixa a Band, BandSports e o Esporte Interativo, continua apenas com alguns trabalhos na Rádio Bandeirantes e assim, assina contrato com a Fox Sports Brasil, onde comentou a Copa do Mundo de 2014, e participa de diversos programas dos canais. Atualmente trabalha no Fox Sports e Rádio Jovem Pan.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Mauro Beting
  • [1] no site LanceNet
  • [2] Nunca Fui Santo - o Livro Oficial do Marcos
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) jornalista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.