Messier 19

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Messier 19
Messier 11 pelo Telescópio Espacial Hubble
Descoberto por Charles Messier
Data 1764
Dados observacionais (J2000)
Constelação Ophiuchus
Tipo VII
Asc. reta 17h 02m 37,69s[1]
Declinação -26° 16′ 04,6″[1]
Distância 28 000 anos-luz (8,6 kpc)
Magnit. apar. 7,47[1]
Dimensões 17',0
Características físicas
Raio 70 anos-luz
Outras denominações NGC 6273
Messier 19
Ophiuchus constellation map.png

Messier 19 (NGC 6273) é um aglomerado globular de estrelas localizado na constelação de Ofiúco. Foi descoberto pelo francês Charles Messier em 1764, que o adicionou ao seu catálogo de objetos de aparência semelhante a cometas.

Messier 19 é o mais oblato dos aglomerados globulares conhecidos. Está a uma distância de cerca de 28 000 anos-luz do Sistema Solar, e está bastante próximo ao Centro Galáctico, com apenas cerca de 5.200 anos-luz de distância.

Descoberta e visualização[editar | editar código-fonte]

O aglomerado globular foi uma das descobertas originais do astrônomo francês Charles Messier, catalogado em 5 de junho de 1784. William Herschel, descobridor de Urano, foi o primeiro a resolver as suas estrelas mais distantes vinte anos mais tarde.[2]

Características[editar | editar código-fonte]

Messier 19, junho de 2009

É um dos aglomerados globulares mais oblatos (achatados) conhecidos. Essa deformidade pode estar relacionado à proximidade do aglomerado ao centro galáctico: embora esteja a cerca de 28 000 anos-luz da Terra, está apenas a 5 200 do núcleo da Via-Láctea, ou cerca de 9° acima do núcleo galáctico na esfera celeste. Afasta-se radialmente do Sistema Solar a uma velocidade aproximada de 146 km/s.[2]

O aglomerado globular é razoavelmente denso e rico, pertecente à classe VII em densidade estelar, segundo a classificação de aglomerados globulares de Harlow Shapley e Helen Sawyer Hogg, onde aglomerados de classe I são os mais densos e os de classe XII são os menos densos. Considerando sua distância e seu diâmetro aparente de 17 minutos de grau, seu diâmetro real é de aproximadamente 140 anos-luz em seu semi-eixo maior. Em telescópios amadores, seu diâmetro aparente é menor, cerca de 6 minutos, enquanto que em fotografias típicas seu diâmtero aparente seja de 13,5 minutos. Tem uma magnitude absoluta -9.[2]

As estrelas mais brilhantes do aglomerado têm uma magnitude aparente 14 em média, embora a magnitude aparente média de suas estrelas seja 15,3. Segundo Sawyer Hogg, sua classe espectral é F5. Conhece-se apenas quatro estrelas variáveis no aglomerado, todas RR Lyrae.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c "SIMBAD Astronomical Database". Results for NGC 6273. Consult. 16/11/2006. 
  2. a b c d Hartmut Frommert e Christine Kronberg (21 de agosto de 2007). Messier Object 19 (em inglês) SEDS. Visitado em 27 de maio de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Science.jpg    NGC 6271  •  NGC 6272  •  NGC 6273  •  NGC 6274  •  NGC 6275