Messier 66

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Messier 66
Messier 66, Telescópio Espacial Hubble
Descoberto por Charles Messier
Data de descoberta 1 de marçode 1780
Dados observacionais (J2000)
Constelação Leo[1]
Tipo SAB(s)b galáxia espiral[2]
Asc. reta 11h 20m 15.0s[2]
Declinação +12° 59′ 30″[2]
Distância 36 ± 5 Mal (11 ± 1,5 Mpc)
Redshift 727 ± 3 km/s[2]
Magnit. apar. 8,9[3]
Dimensões 9.1′ × 4.2′[2]
Outras denominações
NGC 3627, UGC 6346, PGC 34695, Arp 16[2]
Mapa
Messier 66
Leo constellation map.png

Messier 66 (NGC 3627) é uma galáxia espiral localizada a cerca de trinta e cinco milhões de anos-luz (aproximadamente 10,73 megaparsecs) de distância na direção da constelação de Leão.[4] Possui uma magnitude aparente de 8,9, uma declinação de +12º 59' 28" e uma ascensão reta de 11 horas, 20 minutos e 15,1 segundos.

A galáxia NGC 3627 foi descoberta em 1780 por Charles Messier.

Descoberta e visualização[editar | editar código-fonte]

A galáxia espiral foi descoberta pelo astrônomo francês Charles Messier, descobrindo na mesma ocasião Messier 65. Ambos foram catalogados em 1 de março de 1780. Ao descrever a descoberta da galáxia, William Henry Smyth atribuiu erroneamente a descoberta de M65, M66 e M68 ao amigo e colega de observatório de Messier, Pierre Méchain, erro propagado historicamente mesmo em livros mais recentes.[5]


Características[editar | editar código-fonte]

A galáxia, juntamente com Messier 66 e NGC 3628, formam um grupo galáctico, conhecido como o Trio do Leão, localizado a cerca de 35 milhões de anos-luz em relação à Terra. A galáxia é maior do que sua companheira de grupo, M65, e tem um núcleo galáctico bem desenvolvido mas não muito definido. Seus braços parecem ser distorcidos e estão deslocados acima do plano galáctico.[5]

Até o momento, quatro supernova foram encontradas na galáxia: SN 1973R, uma supernova tipo II que alcançou a magnitude aparente 15, descoberta em 12 de dezembro de 1973; SN 1989B, descoberta em 31 de janeiro de 1989, alcançando a magnitude aparente 12,2; SN 1997bs, uma supernova tipo IIn descoberta por astrônomos no observatório Lick, alcançando a magnitude aparente 17; e SN 2009hd, descoberta por Berto Monard em 2 de julho de 2009, alcançando a magnitude aparente 15,8.[5]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. R. W. Sinnott, ed. (1988). The Complete New General Catalogue and Index Catalogue of Nebulae and Star Clusters by J. L. E. Dreyer. Sky Publishing Corporation/Cambridge University Press. ISBN 0-933346-51-4 
  2. a b c d e f «NASA/IPAC Extragalactic Database». Results for NGC 3627. Consultado em 31 de agosto de 2006 
  3. G. de Vaucouleurs, A. de Vaucouleurs, H. G. Corwin, R. J. Buta, G. Paturel, P. Fouque (1991). Third Reference Catalogue of Bright Galaxies. New York: Springer-Verlag 
  4. «Spiral Galaxy M66» (em inglês). Consultado em 16 de novembro de 2010 
  5. a b c Hartmut Frommert e Christine Kronberg (21 de agosto de 2007). «Messier Object 66» (em inglês). SEDS. Consultado em 28 de maio de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Science.jpg    NGC 3625  •  NGC 3626  •  NGC 3627  •  NGC 3628  •  NGC 3629