Messier 68

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Messier 68
Messier 68 pelo Telescópio Espacial Hubble.NASA/STScI/WikiSky
Messier 68 pelo Telescópio Espacial Hubble.
NASA/STScI/WikiSky
Descoberto por Charles Messier
Data 1780
Dados observacionais (J2000)
Constelação Hydra
Asc. reta 12h 39m 28,0s[1]
Declinação -26° 44′ 38,6″[1]
Distância 33 300 anos-luz[2] (10 200 pc)
Magnit. apar. 9,67[2]
Dimensões 11 minutos de arco[2]
Classe X[2]
Características físicas
Raio 53[2]
Outras denominações
M68, NGC 4590, GC1 20.[1]
Messier 68
Hydra constellation map.png

Messier 68 (também conhecido como NGC 4590 ou M68) é um aglomerado globular localizado na constelação de Hydra a 33 300 anos-luz da Terra. Foi descoberto por Charles Messier em 1780. Possui um raio de 53 anos-luz e uma dimensão aparente de 11 minutos de arco.[2]

Descoberta e visualização[editar | editar código-fonte]

O aglomerado globular foi descoberto pelo astrônomo francês Charles Messier, que o catalogou em 9 de abril de 1780. Ao descrever a descoberta do aglomerado, William Henry Smyth atribuiu erroneamente a descoberta do objeto e também de Messier 65 e Messier 66 ao amigo e colega de observatório de Messier, Pierre Méchain.[2]

É vista como uma "mancha nebulosa" em binóculos e suas estrelas mais brilhantes podem ser resolvidas com telescópios amadores de 4 polegadas de abertura ou mais. Telescópios de 6 polegadas de abrtura conseguem distinhuir seu halo, com 11 minutos de grau de diâmetro, e com 12 polegadas de abertura é possível distinguir as estrelas de seu núcleo.[2]

Características[editar | editar código-fonte]

Messier 68, projeto 2MASS

Situa-se a uma distância de cerca de 33 000 anos-luz da Terra. Seu diâmetro aparente de 11 minutos de grau corresponde a um diâmetro real de 106 anos-luz. Conhecem-se 42 estrelas variáveis pertencentes ao sistema, sendo 28 variáveis RR Lyrae. Está se aproximando da Terra a uma velocidade de 112 km/s.[2]

Sua magnitude aparente é 7,8, embora historicamente este valor tenha variado entre 9,12 (Helen Sawyer Hogg) e 7,3, segundo o Uranometria 2000.0. Contém cerca de 250 estrelas gigantes, segundo Kenneth Glyn Jones, de magnitude absoluta menor (mais brilhante) que zero, metade do número encontrado em outros aglomerados, como Messier 3 e Messier 13. Suas estrelas mais brilhantes são de magnitude aparente 12,6 e a magnitude média de suas estrelas é 15,6. As 25 estrelas mais brilhantes do aglomerado, de acordo com Hogg, são de magnitude aparente 14,8 e pertencem à classe espectral A6. É um aglomerado pouco denso, pertencente à classe X em densidade estelar.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c SIMBAD basic query result SIMBAD. Visitado em 11 de julho de 2011.
  2. a b c d e f g h i j Messier Object 68 SEDS. Visitado em 11 de julho de 2011.

Coordenadas: Sky map 12h 39m 28.01s, −26° 44′ 34.9″

Science.jpg    NGC 4588  •  NGC 4589  •  NGC 4590  •  NGC 4591  •  NGC 4592   
Ícone de esboço Este artigo sobre um aglomerado globular é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.