Metal alcalinoterroso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2017). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Grupo 2
Período
2 4
Be
3 12
Mg
4 20
Ca
5 38
Sr
6 56
Ba
7 88
Ra

A série química dos metais alcalinoterrosos (denominada de metais alcalinos-terrosos por livros mais antigos) são os elementos químicos do grupo 2 (antiga família 2A) da tabela periódica, sendo formada pelos seguintes elementos: Berílio (Be), Magnésio (Mg), Cálcio (Ca), Estrôncio (Sr), Bário (Ba) e Rádio (Ra), sendo este último um elemento que apresenta tempo de vida média muito curto. O nome alcalino-terroso provém do nome que recebiam seus óxidos: terras. Segundo o dicionário Houaiss, alcalino tem a ver com álcalis e suas propriedades básicas, e terroso vem do latim ‘que contém terra’. Porém este sentido não deve ser compreendido literalmente, pois, segundo alguns livros (como o livro didático Química Cidadã, de Gerson e Mól), ao longo da história da alquimia e da química, terra ou terroso era qualidade de substâncias pouco solúveis em água. Logo, o nome faz referência à baixa solubilidade dos óxidos que contêm os metais alcalinoterrosos e não quer dizer que estes compostos contêm terra literalmente, nem são extraídos necessariamente do solo.

Características[editar | editar código-fonte]

Os elementos químicos dessa série apresentam as seguintes características:

  • Todos são encontrados no estado sólido;
  • Todos apresentam dois elétrons no seu último nível de energia (em subnível s) , com tendência a perdê-los transformando-se em íons bipositivos, Mg2+. Esta tendência em perder elétrons, denominada eletropositividade cresce no grupo de cima para baixo, sendo o menos eletropositivo, o berílio;
  • A reatividade dos metais alcalino-terrosos tende a crescer no mesmo sentido.
  • O número de oxidação é +2.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]