My Blue Heaven

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o filme de 1950. Para o filme de 1990, veja My Blue Heaven (1990).
My Blue Heaven
 Estados Unidos
1950 •  cor •  96 min 
Direção Henry Koster
Roteiro Claude Binyon
S.K. Lauren
Lamar Trotti
Gênero comédia, musical
Idioma inglês
Receita $2,275,000 (nos EUA)[1][2][3]

My Blue Heaven é um filme estadunidense de 1950 dirigido por Henry Koster. É estrelado por Betty Grable e Dan Dailey em seu terceiro filme feito em conjunto.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Kitty (Betty Grable) e Jack (Dan Dailey) são uma popular dupla artistas que trabalham no rádio e estão passando para a televisão. No entanto, por mais inebriante que seja o sucesso e seu progresso profissional, eles têm sentido que suas vidas seriam mais completas se tivessem filhos. Mas, quando decidem pela adoção, um processo complicado e cheio de desapontamentos, eles acabam tendo mais bebês do que esperavam.

Adaptação[editar | editar código-fonte]

Em 25 de fevereiro de 1952, Betty Grable e Dan Dailey apareceram juntos em uma adaptação do filme no programa de rádio "Lux Radio Theatre".[4]

Produção[editar | editar código-fonte]

My Blue Heaven foi o terceiro filme que Grable e Dailey fizeram juntos, sendo os dois primeiros Mother Wore Tights em 1947 e When My Baby Smiles at Me em 1948. Mais tarde eles co-estrelaram em um quarto, Call Me Mister (1951). My Blue Heaven marcou a estréia do filme da estrela musical Mitzi Gaynor.

Grable mostrou-se relutante em fazer o filme. Ela só concordou em fazê-lo se Lamar Trotti reescrevesse o roteiro e Henry Koster substituísse Claude Binyon como diretor.[5]

Adaptação de rádio[editar | editar código-fonte]

My Blue Heaven foi apresentado no Lux Radio Theatre de 25 de fevereiro de 1952. A adaptação de uma hora apresentou Grable e Dailey em seus papéis do filme.[6]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. "Top Grosses of 1950" Variety. January 3, 1951. p. 58.
  2. 'The Top Box Office Hits of 1950', Variety, January 3, 1951
  3. Aubrey Solomon, Twentieth Century-Fox: A Corporate and Financial History Rowman & Littlefield, 2002 p 223
  4. «My Blue Heaven (1950)» (em inglês). American Film Institute. Consultado em 20 de setembro de 2021 
  5. "GRABLE TO APPEAR IN 'BLUE HEAVEN': Star Ends Hold-Out Against the Fox Studios -- Koster Will Direct as She Preferred". New York Times. Oct 19, 1949. p. 37.
  6. «Clipped From The Decatur Daily Review». Decatur, Illinois. The Decatur Daily Review. 38 páginas. 24 de fevereiro de 1952. Consultado em 20 de setembro de 2021