Nara (cidade)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nara

奈良市 (-shi)

Localização de Nara
País  Japão
Área
 - Total 211,60 km²
População (2003)
 - Total 364,869
    • Densidade 1,7 hab./km²
Sítio http://www.city.nara.nara.jp/

Nara (奈良市 -shi) é a capital da Prefeitura de Nara localizada na Região de Kansai no Japão. A cidade ocupa o norte da Prefeitura de Nara, fazendo fronteira com a Prefeitura de Kyoto. Oito templos, santuários e ruínas restam na cidade: Tōdai-ji, Saidai-ji, Kōfuku-ji, Santuário de Kasuga, Gangō-ji, Yakushi-ji, Tōshōdai-ji e o Palácio Heijō, junto com a Floresta Primitiva de Kasugayama, coletivamente formam os Monumentos Históricos da Antiga Nara, um Patrimônio Mundial da UNESCO.

Recebeu o estatuto de cidade a 1 de Fevereiro de 1898.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

No Período Heian, uma variedade de diferentes Kanji foram usados para representar o nome Nara: 乃楽, 乃羅, 平, 平城, 名良, 奈良, 奈羅, 常, 那良, 那楽, 那羅, 楢, 諾良, 諾楽, 寧, 寧楽 e 儺羅.

Um grande número de teorias sobre a origem do nome Nara foi proposto, e alguns mais conhecidos estão listados aqui. A segunda teoria da lista, feita pelo famoso folclorista Kunio Yanagita (1875-1962), é a mais aceita nos dias de hoje.

  • O Nihon Shoki (As Crônicas do Japão, o segundo livro mais antigo da história clássica Japonesa) sugere que o "Nara" foi derivado de narasu (aplainar, nivelar). De acordo com esta versão, em setembro do décimo ano do Imperador Sujin, "liderando soldados selecionados (os rebeldes) seguiram em frente, escalaram a Nara-yama (monte ao norte de Heijō-kyō e os colocaram em ordem. Agora as forças imperiais se juntaram e derrubaram arvores e plantas, nivelando solo. Assim, a montanha é chamada Nara-yama." and put them in order. Now the imperial forces gathered and flattened trees and plants. Therefore the mountain is called Nara-yama." Embora a própria narrativa seja considerada uma etimologia folclórica e poucos pesquisadores acreditarem que é histórica, esta é a sugestão mais antiga, e linguisticamente similar a teoria de Yanagita a seguir.
  • Teoria da "terra plana" (atualmente a mais aceita): Em seu estudo de 1936 sobre nomes de lugares[1], o autor Kunio Yanagita afirma que "a característica topográfica de uma área de relativa calma gradiente no lado da montanha, a qual é chamada taira no leste do Japão e hae no sul de Kyushu, é chamada naru nas regiões de Chūgoku e Shikoku (Japão central). Esta palavra dá origem ao verbo narasu, ao advérbio narashi, e o adjetivo narushi." Isto é suportado por entrada de dicionários de dialetos[2] para substantivos referidos a áreas planas: naru (encontrado no Distrito de Aida, na Prefeitura de Okayama e no Distrito de Ketaka, Prefeitura de Tottori) e naro (encontrado na Prefeitura de Kōchi); e também pelo adjetivo narui que não é do Japonês padrão, mas é encontrado em toda a área central do Japão, que significa "gentil", "suavemente inclinado", ou "fácil". Yanagita comenta também que o fato de que muitos destes nomes de lugares serem escritos com o Kanji 平 ("achatado", "plano"), ou outros Kanji semelhantes, demonstra a validade desta teoria. Citando um documento de 1795, o Inaba-shi (因幡志) da Província de Inaba, na parte leste da moderna Tottori, indica a leitura naruji para a palavra 平地 (cuja leitura padrão é heichi, significando "nível/chão nivelado/terra/país, um plano"), Yanagita sugere que naruji seria usado lá como substantivo comum até o período moderno. Claro, o fato de que historicamente "Nara" também ter sido escrita 平 ou 平城 como mostrado acima, ajuda a dar crédito a esta teoria.

História[editar | editar código-fonte]

Nara foi a capital do Japão durante o período Nara ( 710 - 784 ), sob o nome de Heijō-kyō (平城京). Foi durante esse tempo que a maioria dos grandes templos que deram visibilidade a cidade foram construídos. Embora seja bem verdade que, após a mudança da capital para Quioto foi um pouco negligenciada, mas seus templos mantem sua importância até hoje.

Em 1180 grande parte da cidade foi destruída , em um ataque do Clã Taira . Logo em seguida, foram reconstruídos os templos Tōdai-ji e Kōfuku-ji e o resto da cidade.

Cidades-irmãs[3][editar | editar código-fonte]

Personalidades[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. 柳田国男 (Yanagita, Kunio) (1936): 地名の研究 (O Estudo de Nomes de Lugares), pub. 古今書院 (Kokon Shoin), pp. 217-219
  2. 東条 操 (Tōjō, Misao) (1951): 全国方言辞典 Dicionário dos Dialetos Japoneses, 東京堂出版.
  3. Cidades-irmãs de Nara
  4. «Canberra's international relationships - Canberra's international relationships». www.cmd.act.gov.au. Consultado em 20 de outubro de 2009 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Flag of Japan.svg   Este artigo é um esboço sobre Geografia da prefeitura de Nara. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.