Nivaldo Prieto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita referências, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2019). Ajude a inserir fontes confiáveis e independentes. Material controverso que esteja sem fontes deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Nivaldo Prieto
Nome completo Nivaldo Giacopini Prieto
Nascimento São Paulo, São Paulo, Brasil
Ocupação jornalista, apresentador e locutor
Nacionalidade brasileiro
Atividade 1994 – presente
Trabalhos notáveis Fox Sports, Band

Nivaldo Giacopini Prieto (São Paulo, 31 de julho de 1965), mais conhecido como Nivaldo Prieto é um jornalista e locutor esportivo brasileiro. Atualmente trabalha nos canais Fox Sports.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Trabalhou nas rádios Antena 1, Metropolitana, Transamérica, Musical e Multishow, e nos canais de televisão SBT, Cultura, Globo, TVA Esportes e Bandeirantes.

No começo da carreira, foi repórter e apresentador de programas de notícias gerais, chegando, inclusive, a apresentar o programa Fantástico, da Rede Globo, em 1985. Foi o mais jovem locutor de chamadas da história, permanecendo na emissora até 1991. Porém, logo após o massacre dos presos no Carandiru, percebeu que deveria se dedicar a algum assunto mais leve e pediu transferência para o Jornalismo Esportivo.

Em 1994, foi para a TVA Esportes (atual ESPN Brasil),[1] onde permaneceu até 1996, ano em que se transferiu para a equipe esportiva do SBT. No segundo semestre de 1997 fez a sua primeira passagem pela TV Bandeirantes, como segundo locutor apenas atrás de Luciano do Valle, lá permanecendo até o início de 2002, mesmo ano em que começou a narrar para a TV Record. Em 2005, de volta à TV Cultura, reforçou a equipe do canal tanto como locutor quanto como comentarista em programas esportivos.

No final daquele ano, retornou à TV Bandeirantes como locutor. Também fez comentários nos programas da casa, como o Terceiro Tempo, o São Paulo Acontece e o Jogo Aberto.[2]

Cobriu diversos eventos esportivos: três Copas do Mundo de Futebol todas pela Band: de 1998 na França, 2010 na África do Sul. No Mundial de 2014 no Brasil, entre vários jogos importantes a disputa de 3.º lugar entre Brasil e Holanda foi a primeira vez em que Prieto narrou um jogo do Brasil em Copa do Mundo. Três edições dos Jogos Olímpicos: narrou as Olimpíadas de Atlanta 1996 pelo SBT, pela Band esteve em Sydney 2000 e em Pequim 2008. Na Band, narrou provas da Fórmula Indy, Liga Mundial, Grand Prix, Copa do Mundo de Futsal de 2008 e de 2012, Copa do Mundo de Futebol Feminino e Amistosos Internacionais da Seleção Brasileira Feminina, Mundial Sub-17 e Mundial Sub-20 de Futebol, partidas da Eurocopa, Jogos Olímpicos de Inverno e jogos do Campeonato Brasileiro de Futebol. Também desenvolveu a carreira de dublador e de locutor publicitário, associando sua voz a campanhas do Ponto Frio, Banco Safra e outros anunciantes. Em 2014, assumiu o comando das narrações da Fórmula Indy na Band e no BandSports ao lado de Felipe Giaffone.

Anunciou seu afastamento do Grupo Bandeirantes em dezembro de 2014. Em 25 de março de 2015, assina contrato com o canal esportivo Fox Sports (que contratou recentemente Paulo Vinícius Coelho, Mauro Beting, entre outros grandes nomes) para ser o principal narrador da emissora em seus eventos esportivos, em especial os Jogos Olímpicos de 2016.[3]

Estreou no canal por assinatura Fox Sports em 1.º de abril de 2015 narrando um jogo da Copa Libertadores da América e foi apresentador do extinto programa Boa Tarde Fox. Pela Fox, narrou a final da Copa do Brasil de 2015 entre Palmeiras x Santos, além de jogos do Campeonatos Espanhol e Italiano, em 2016, foi o narrador dos jogos do Palmeiras na Copa Libertadores, em 2017, narrou a final da Copa do Brasil entre Cruzeiro x Flamengo, e em 2018, narrou a CONMEBOL Recopa entre Grêmio e Independiente da Argentina. Em 2019, narra os jogos do Palmeiras na Conmebol Libertadores.

Primeira narração da Seleção Brasileira na Copa de 2014[editar | editar código-fonte]

Na Copa do Mundo de 2014, Prieto narrou pela primeira vez na sua carreia um jogo da Seleção Brasileira em copas do mundo.

Carreira como dublador[editar | editar código-fonte]

Ao lado do comentarista Paulo Vinicius Coelho, Nivaldo Prieto narra os jogos FIFA 07, FIFA 08, FIFA 09 e FIFA 10 na sua versão brasileira

Referências