O Parentesco dos Três

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Parentesco dos Três ou O Livro do Parentesco dos Três (em chinês tradicional: 參同契, em chinês simples: 参同契, em pinyin: Cāntóng qì, em Wade-Giles Ts'an¹ T'ung² Ch'i4), é um livro sobre alquimia chinesa, cuja autoria atribui-se à Wei Boyang, datado de 142 d.C. Outra forma de escrita em Chinês é: em chinês tradicional: 周易參同契, em chinês simples: 周易参同契. A escrita em Mandarim é: em pinyin: Zhōuyì cāntóng qì, em Wade-Giles Chou¹ Yi4 Ts'an¹ T'ung² Ch'i4.

Conteúdo[editar | editar código-fonte]

O texto relacionava o Yin e o Yang, os Cinco elementos da filosofia chinesa[1] e o I Ching[2] com o processo alquímico.[3]

Wei Boyang usou mercúrio extraído do chumbo, em vez de enxofre, e mais alguns ingredientes para fabricar o elixir da longa vida.[3] O livro menciona as substâncias necessárias para a fabricação da pólvora.[3][4] O livro original que descrevia a fabricação da pólvora foi aceito no Wujing Zongyao, uma coleção de livros sobre as técnicas militares da China.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e Referências

  1. Linden, Stanton J. (2003). The Alchemy Reader: From Hermes Trismegistus to Isaac Newton. [S.l.]: Cambridge University Press. ISBN 0521796628 
  2. Hacker, Edward A; Moore, Steve; Patsco, Lorraine (2002). I Ching: An Annotated bibliography. [S.l.]: Routledge Publishing. ISBN 0415939690 
  3. a b c Peng, Yoke Ho (2000). Li, Qi and Shu: An Introduction to Science and Civilization in China. [S.l.]: Courier Dover Publications. ISBN 0486414450 
  4. Needham, Joseph; Cullen, C. (1976). Science and Civilisation in China. [S.l.]: Cambridge University Press. ISBN 0521210283 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.