O Sentido da Vida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Se procura a definição filosófica dessa expressão, veja Sentido da vida.
The Meaning of Life
O Sentido da Vida (PT/BR)
Reino Unido
1983 •  cor •  107 min 
Direção Terry Jones
Roteiro Graham Chapman
John Cleese
Terry Gilliam
Eric Idle
Terry Jones
Michael Palin
Elenco Graham Chapman
John Cleese
Terry Gilliam
Eric Idle
Terry Jones
Michael Palin
Género comédia
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

O Sentido da Vida (título em Portugal e no Brasil, no original em inglês The Meaning of Life) é o terceiro filme do grupo inglês Monty Python. Realizado em 1983 e dirigido por Terry Jones, o filme tenta chegar a um final esclarecedor quanto à dúvida do início feita por um grupo de peixes num aquário: "Por quê?", ou seja, a questão da vida.

Ao contrário dos dois filmes anteriores produzidos pelo grupo, esse não trata de uma história longa e contínua, e sim de sucessivos sketches, voltanto ao formato original dos episódios de Monty Python's Flying Circus. No total são apresentados sete partes, com temas que vão do nascimento até a morte, passando pelas diversas fases da vida de uma pessoa.

O filme, na realidade, não apresenta o sentido da vida como uma resposta concreta. Tampouco aborda durante toda a obra o tema. A vida humana é revista pelo filme em tons de comédia, fazendo alusões críticas e irônicas a vícios culturais e a problemas da sociedade, ou ainda a questão da infimidade do homem em comparação com o Universo e o todo.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.