Octávio Machado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde dezembro de 2015)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Octávio Machado
Informações pessoais
Nome completo Octávio Joaquim Coelho Machado
Data de nasc. 6 de maio de 1949 (68 anos)
Local de nasc. Palmela,  Portugal
Informações profissionais
Posição Médio
Treinador
Diretor Desportivo
Clubes de juventude
Palmelense Futebol Clube
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1970-1975
1975-1980
1980-1983
V. Setúbal
FC Porto
V. Setúbal
Seleção nacional
Flag of Portugal.svg Portugal 20 (2)
Times/Equipas que treinou
2001-2002 FC Porto

Octávio Joaquim Coelho Machado é um treinador de futebol português nascido a 6 de maio de 1949.

Foi jogador do Palmelense Futebol Clube (na juventude). Esteve no Vitória de Setúbal onde foi treinado por José Maria Pedroto. No verão de 1975 foi para F.C. Porto. Terminou a carreia de jogador em Setúbal.

Começou como treinador no Salgueiros, durante a época 1983/1984, mas foi dispensado a meio da época para integrar a equipa do FC Porto como treinador adjunto de Artur Jorge, no F.C. na época 1984/1985. Esteve no clube até 1992 acompanhando vários treinadores principais. Venceu vários campeonatos nacionais, uma Taça dos Campeões Europeus (vs Bayern Munique), uma Super Taça Europeia (vs Ajax Amesterdão), uma taça Intercontinental (vs Penharol).

Esteve mais tarde no Sporting entre 1995 e 1998 inclusive como adjunto de Robert Waseige que veio a substituir. Como treinador principal ganhou a Supertaça de Portugal frente ao FC Porto e orientou a equipa do Sporting CP na final do VeryLight saindo derrotado frente ao SL Benfica. Saíu à 8ª jornada.

Regressou ao F. C. Porto na época 2001/2002 mas acabou por sair.

Foi director geral da SAD (para a área desportiva) do Sporting, desde 2015 a 2017 integrando a equipa de Jorge Jesus.

Precedido por
Fernando Santos
Técnico do Porto
2001-2002
Sucedido por
José Mourinho
Ícone de esboço Este artigo sobre um treinador de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.