Oliver Wendell Holmes, Jr.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Se procura o poeta (1809-1894), veja Oliver Wendell Holmes.
Oliver Wendell Holmes Jr circa 1930.jpg

Oliver Wendell Holmes (8 de março de 1841 - 6 de março de 1935), jurista americano da Suprema Corte dos Estados Unidos da América (1902 - 1932) chamado frequentemente de “o grande dissonante”; filho de "Oliver Wendell Holmes,".

É a referência mais recorrente no realismo jurídico norte-americano. Jurista militante e filósofo diletante, Oliver Wendell Holmes Jr. levou o pragmatismo jurídico ao limite, atuando como juiz da Suprema Corte norte-americana, discordando frequentemente de opiniões formalistas. Suas opiniões foram com o tempo confirmadas, antecipando as grandes mudanças da jurisprudência norte-americana que marcaram o século XX.[1]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Oliver Wendell Holmes (filho)
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.
  1. GODOY, Arnaldo Sampaio de Moraes. O realismo jurídico em Oliver Wendell Holmes Jr. Revista de Informação Legislativa. Brasília a 43. n. 171. jul./set. 2006, pp. 91:105. Disponível em: <https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/92825/Godoy%20Arnaldo.pdf?sequence=1>