Open Handset Alliance

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Open Handset Alliance (OHA) é uma aliança de diversas empresas com a intenção de criar padrões abertos para telefonia móvel. Entre as empresas participantes estão Google, HTC, Dell, Intel, Motorola, Qualcomm, Texas Instruments, Samsung, LG, T-Mobile e Nvidia.[1]


Produtos[editar | editar código-fonte]

Em 5 de novembro de 2007, ao mesmo tempo que era anunciada a formação da Open Handset Alliance, a OHA também revelou a plataforma open source Android, baseada no núcleo Linux.[1] Uma versão da SDK foi divulgada aos programadores a 12 de novembro de 2007.[2]

O primeiro celular (telemóvel) disponível no mercado executando Android foi o T-Mobile G1 (também conhecido como HTC Dream). Foi aprovado pela FCC em 18 de agosto de 2008.[3]

Membros[editar | editar código-fonte]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b «Industry Leaders Announce Open Platform for Mobile Devices». Open Handset Alliance. 5 de novembro de 2007. Consultado em 5 de novembro de 2007 
  2. «Developers». Open Handset Alliance. 5 de novembro de 2007. Consultado em 5 de novembro de 2007 
  3. «FCC Approved HTC Dream». Engadget. 18 de agosto de 2008 
  4. Membros da OHA (em inglês)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]