Kyocera

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Kyocera
Sede da Kyocera em Quioto
Razão social Kyocera Corporation
Nome nativo 京セラ株式会社
Nome romanizado Kyōsera Kabushiki-gaisha
Pública (KK)
Cotação TYO: 6971
Atividade Eletrônicos
Fundação 1959
Fundador(es) Kazuo Inamori
Sede Quioto, Quioto,  Japão
Presidente Hideo Tanimoto
Empregados c. 70 mil
Website oficial global.kyocera.com

A Kyocera Corporation (京セラ株式会社 Kyōsera Kabushiki-gaisha?) é uma empresa multinacional que produz componentes eletrônicos, cerâmicas e células fotovoltaicas de energia desde 1959 do Japão.[1] Sua sede está na cidade de Quioto e possui sete subdivisões.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O produto original da Kyocera era um isolador de cerâmica conhecido como "kelcima" para uso em tubos de imagem de televisão. A empresa rapidamente adaptou suas tecnologias para produzir uma gama crescente de componentes cerâmicos para aplicações eletrônicas e estruturais.[2]

A empresa adquiriu tecnologias de fabricação de equipamentos eletrônicos e de comunicação por rádio em 1979, através de um investimento na Cybernet Electronics Corporation, que foi incorporada à Kyocera em 1982. Logo depois, a Kyocera lançou um dos primeiros laptops portáteis movidos a bateria, vendidos nos EUA como o Tandy Model 100, com tela LCD e capacidade de transferência de dados por modem por telefone.[3]

Na década de 1980, a Kyocera comercializou componentes de áudio, como CD players, receptores, toca-discos e decks de cassetes. Em 1989, a Kyocera adquiriu a Elco Corporation, fabricante de conectores eletrônicos. Em 1990, as operações globais da Kyocera se expandiram significativamente com a adição da AVX Corporation.

em 2000, a Kyocera adquiriu as operações de fabricação de telefones celulares da Qualcomm Incorporated para formar a Kyocera Wireless Corp. Em 2003, a Kyocera Wireless Corp. estabeleceu a Kyocera Wireless India (KWI), uma subsidiária de telefonia móvel em Bangalore. A KWI estabeleceu alianças com vários players líderes no fornecimento de serviços CDMA na Índia.[4]Em 2008, a Kyocera adquiriu a Sanyo Mobile, a divisão de telefonia móvel da Sanyo Electric Co., Ltd., e suas operações associadas no Japão, Estados Unidos e Canadá.

Em março de 2010, a Kyocera lançou seu primeiro Smartphone (Zio) desde 2001, depois de se concentrar em telefones de menor custo.[5] Em junho de 2010, a Kyocera adquiriu parte dos negócios de design e fabricação de telas de cristal líquido (TFT) de transistor de película fina (TFT) da subsidiária da Sony Corporation, Sony Mobile Display Corporation.

No Brasil[editar | editar código-fonte]

Anunciou em 2005 um acordo para deter o naming rights do Estádio Joaquim Américo Guimarães, passando a chamá-lo de Kyocera Arena.[6] Em 2008, o acordo foi rescindido de forma unilateral pelo Atlético Paranaense por expectativas de um acordo mais lucrativo visando a candidatura da cidade de Curitiba para a Copa do Mundo FIFA de 2014.[7]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma corporação ou companhia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.