Paquetá (Santos)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Paquetá é um bairro localizado no município de Santos, no estado de São Paulo, no Brasil.[1]

Localiza-se junto a uma das áreas mais antigas do Porto de Santos, cerca de 1 km a leste do Centro. É considerada uma das regiões mais degradadas da cidade, marcada pela presença de vários casarões antigos transformados em cortiços, e de uma conhecida área de prostituição. Existem ali, também, diversos armazéns, muitos deles antigos e abandonados.

São marcos do bairro as instalações do Moinho Santista e o Cemitério do Paquetá, onde estão sepultados personagens ilustres, como o poeta Vicente Augusto de Carvalho e o ex-governador paulista Mário Covas.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Paquetá" é uma palavra com origem na língua tupi. Significa "muitas pacas", pela junção dos termos paka (paca) e etá (muitos)[2].

Referências

  1. Novo Milênio, fonte secundária extraída de diversas edições do jornal A Tribuna (25 de outubro de 2010). «Conheça o seu bairro». Consultado em 2 de dezembro de 2010. 
  2. NAVARRO, E. A. Método moderno de tupi antigo: a língua do Brasil dos primeiros séculos. Terceira edição. São Paulo. Global. 2005. p. 30.
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de São Paulo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.