Patrick Beverley

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Patrick Beverley
Patrick Beverley 21 (cropped).jpg
Informações pessoais
Data de nasc. 12 de julho de 1988 (33 anos)
Local de nasc. Chicago,  Illinois,  Estados Unidos
Altura 6 ft 1 in (1.85 m)
Peso 180 lb (82 kg)
Apelido Mr. 94 Feet
Informações no clube
Clube atual Estados Unidos Minnesota Timberwolves
Número 22
Posição Armador
Clubes de juventude
2006–2008 Estados Unidos Arkansas Razorbacks
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
2008–2009
2009–2010
2011–2012
2013–2017
2013
2017–2021
2021–Presente
Ucrânia Dnipro
Grécia Olympiacos
Rússia Spartak St. Petersburg
Estados Unidos Houston Rockets
Estados UnidosRio Grande Valley Vipers
Estados UnidosLos Angeles Clippers
Estados Unidos Minnesota Timberwolves



319 (2.982)
3 (41)
208 (1.605)
64 (599)

Patrick Beverley (Chicago, 12 de julho de 1988) é um jogador norte-americano de basquetebol profissional que atualmente joga pelo Minnesota Timberwolves na National Basketball Association (NBA).[1]

Ele jogou basquete universitário pela Universidade do Arkansas e foi selecionado pelo Los Angeles Lakers como a 42º escolha geral no draft da NBA de 2009.

Antes da NBA, ele jogou profissionalmente pelo BC Dnipro da Ucrânia, pelo Olympiacos da Grécia e pelo Spartak St. Petersburg da Rússia.

Carreira no ensino médio[editar | editar código-fonte]

Como calouro, Beverley frequentou a Waubonsie Valley High School em Chicago. Após isso, ele se transferiu para a John Marshall Metropolitan High School em Chicago.[2]

Em seu último ano, ele liderou o estado em pontuação com média de 37,3 pontos e foi nomeado Co-Jogador do Ano.

Beverley foi selecionado para jogar no Roundball Classic em 8 de abril de 2006, um All-Star Game nacional do ensino médio realizado no United Center de Chicago.

Carreira universitária[editar | editar código-fonte]

Como calouro da Universidade do Arkansas, Beverley teve médias de 13,9 pontos, 4,5 rebotes, 3,1 assistências e 1,7 roubadas de bola. Ele foi nomeado o Novato do Ano da SEC pela Associated Press e o Calouro do Ano da SEC pelos treinadores. Ele também foi selecionado para a Equipe de Calouros e para a Segunda-Equipe da SEC.

Em seu segundo ano, Beverley foi titular em 33 das 35 partidas e liderou a equipe em rebotes (6,6) e roubos de bola (1,3) e e ficou em segundo lugar em pontos (12,1) e terceiro em assistências (2,4).

Em agosto de 2008, Beverley foi considerado inelegível para jogar na temporada de 2008-09 devido a problemas acadêmicos.[3] Dissipando a especulação de que notas insuficientes eram as culpadas, Beverley admitiu que havia sido suspenso por causa de um problema de integridade acadêmica em um trabalho de classe.[4] Em vez de esperar sua suspensão, Beverley contratou um agente e decidiu aprimorar suas habilidades para a NBA na Europa.[5]

Carreira profissional[editar | editar código-fonte]

BC Dnipro (2008–2009)[editar | editar código-fonte]

Em outubro de 2008, aos 19 anos, Beverley teve um filho e assinou um contrato de um ano por "pouco mais de seis dígitos" com o Dnipro da Ucrânia. O contrato não tinha rescisão e ele estava livre para sair no final da temporada sem penalidade.[6]

Em 46 jogos pelo Dnipro, Beverley teve médias de 16,7 pontos, 7 rebotes, 3,6 assistências, 2,2 roubadas de bola e 1,3 bloqueios. Ele participou do All-Star Game da Liga Ucraniana (UBL) e venceu o Campeonato de Enterradas.

Olympiacos (2009–2010)[editar | editar código-fonte]

Beverley entrou automaticamente no draft da NBA de 2009, onde foi selecionado pelo Los Angeles Lakers como a 42ª escolha geral. Em 26 de junho de 2009, um dia após o draft, o Miami Heat anunciou que havia adquirido os direitos de draft de Beverley em troca de uma escolha de segunda rodada do draft de 2011.[7] Mais tarde, ele foi cortado como parte dos cortes finais do elenco.

Em 26 de agosto de 2009, Beverley assinou com o Olympiacos da Grécia.[8] Ele audou o Olympiacos a conquistar o título da Taça da Grécia em 2010 e a chegar às finais da Euroliga e da Liga Grega. Em 19 jogos da Euroliga, ele teve médias de 2,7 pontos e 1,9 rebotes. Ele também jogou em 22 jogos da Liga Grega e teve médias de 4,9 pontos, 2,8 rebotes e 1,6 assistências.

Spartak St. Petersburg (2011–2012)[editar | editar código-fonte]

Beverley jogando pelo Spartak St. Petersburg em março de 2011

Em 9 de janeiro de 2011, Beverley assinou com o Spartak St. Petersburg da Rússia pelo resto da temporada de 2010-11. Em 10 de novembro de 2011, ele assinou uma extensão de contrato com o Spartak.

Em 28 de janeiro de 2012, Beverley registrou 38 pontos, seu recorde profissional, 7 rebotes e 5 assistências na derrota após 2 prorrogações para o Spartak Primorye.

Em 6 de abril de 2012, Beverley foi selecionado como o MVP da EuroCup na temporada de 2011-12. Ele dominou toda a temporada, levando seu time a uma vaga nas semifinais do torneio. Ele era um líder de equipe em pontuação e roubos de bola e ficou em segundo lugar em rebotes, assistências e três pontos feitos.

Em 19 de julho de 2012, Beverley anunciou que não retornaria ao Spartak para a temporada de 2012-13, mas o Spartak insistiu que ele honrasse seu contrato - ele só poderia anular seu contrato se recebesse uma oferta da NBA. Ele continuou com o Spartak em 2012-13, mas deixou a equipe em 23 de dezembro depois de chegar a um acordo com o Houston Rockets.

Houston Rockets (2013–2017)[editar | editar código-fonte]

Em 7 de janeiro de 2013, Beverley assinou um contrato de 3 anos e US$1.9 milhões com o Houston Rockets e foi imediatamente designado para o Rio Grande Valley Vipers da D-League.[9][10] Ele passou uma semana com os Vipers[11] antes de fazer sua estreia na NBA em 15 de janeiro de 2013, em uma derrota por 117-109 para o Los Angeles Clippers.

Beverley com o Houston Rockets em março de 2014

Em sua primeira temporada com Houston, ele teve médias de 5,6 pontos, 2,7 rebotes e 2,9 assistências em 41 jogos.[12] No Jogo 2 da primeira rodada dos playoffs contra o Oklahoma City Thunder, Beverley teve sua primeira partida como titular e registrou 16 pontos, 12 rebotes, seis assistências, duas roubadas de bola e um bloqueio. Ele teve outro esforço de 16 pontos no Jogo 4 para ajudar os Rockets a evitar a eliminação com uma vitória por 105-103, mas eles perderam a série em seis jogos.

Beverley teve a temporada de 2013-14 marcada por lesões; ele jogou em 56 dos 82 jogos.[13] Em 23 de dezembro, ele foi colocado na lista de inativos por 14 jogos após uma cirurgia para reparar uma fratura na mão direita. Em 23 de fevereiro, ele teve sua primeira partida de 20 pontos na carreira em uma vitória por 115-112 sobre o Phoenix Suns. Em 2 de junho de 2014, ele foi nomeado para a Segunda-Equipe Defensiva na temporada de 2013-14.

Em 9 de julho de 2015, Beverley assinou um contrato de 4 anos e US$23 milhões com os Rockets.[14][15] Em 18 de março de 2016, ele registrou 18 pontos e 10 assistências na vitória por 116-111 sobre o Minnesota Timberwolves. Em 31 de março, ele marcou 22 pontos em uma derrota por 103-100 para o Chicago Bulls.

Em 22 de outubro de 2016, Beverley foi descartado por três semanas após precisar de uma cirurgia artroscópica no joelho esquerdo.[16] Em 17 de novembro de 2016, depois de perder os primeiros 11 jogos da temporada, ele fez sua estreia na temporada e registrou 11 pontos, três assistências e três bloqueios na vitória por 126-109 sobre o Portland Trail Blazers.[17] Em 2 de abril de 2017, ele marcou 26 pontos na vitória por 123-116 sobre o Phoenix Suns. Em 16 de abril de 2017, no Jogo 1 da primeira rodada dos playoffs, ele registrou 21 pontos e 10 rebotes na vitória por 118-87 sobre o Oklahoma City Thunder.[18] No final da temporada, Beverley foi nomeado para a Primeira-Equipe Defensiva da NBA, tornando-se o quarto jogador na história da franquia a ser selecionado para a Primeira-Equipe e o primeiro desde Scottie Pippen em 1998-99.[19]

Los Angeles Clippers (2017–2021)[editar | editar código-fonte]

Em 28 de junho de 2017, o Los Angeles Clippers adquiriu Beverley, Sam Dekker, Montrezl Harrell, Darrun Hilliard, DeAndre Liggins, Lou Williams, Kyle Wiltjer e uma escolha de primeira rodada de 2018 do Houston Rockets em troca de Chris Paul.[20]

Em sua estreia pelos Clippers na abertura da temporada em 19 de outubro de 2017, Beverley marcou 10 pontos na vitória por 108-92 sobre o Los Angeles Lakers.[21] Depois de lidar com a dor no joelho direito durante a pré-temporada, Beverley perdeu cinco jogos em meados de novembro com uma dor semelhante no joelho direito.[22][23] Em 22 de novembro de 2017, ele foi descartado pelo resto da temporada após passar por um reparo artroscópico do menisco lateral e um procedimento de microfratura no joelho direito.[24][25]

Em 12 de julho de 2019, Beverley assinou um contrato de 3 anos e US$40 milhões com os Clippers.[26][27]

Em 3 de julho de 2021, Beverley foi suspenso por um jogo por empurrar Chris Paul durante um jogo contra o Phoenix Suns.[28] Beverley se tornou o primeiro a ser suspenso para o primeiro jogo da temporada seguinte desde Andrew Bynum em 2012.

Minnesota Timberwolves (2021–Presente)[editar | editar código-fonte]

Em 16 de agosto de 2021, Beverley foi negociado, junto com Daniel Oturu e Rajon Rondo, para o Memphis Grizzlies em troca de Eric Bledsoe.[29] Nove dias depois, os Grizzlies o negociaram para o Minnesota Timberwolves em troca de Jarrett Culver e Juancho Hernangómez.[30]

Em 16 de fevereiro de 2022, Beverley assinou um contrato de 1 ano e US$ 13 milhões com os Timberwolves.[31]

Estatísticas da carreira[editar | editar código-fonte]

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PT  Partidas como titular  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira

NBA[editar | editar código-fonte]

Temporada regular[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2012–13 Houston 41 0 17.4 .418 .375 .829 2.7 2.9 .9 .5 5.6
2013–14 Houston 56 55 31.3 .414 .361 .814 3.5 2.7 1.4 .4 10.2
2014–15 Houston 56 55 30.8 .383 .356 .750 4.2 3.4 1.1 .4 10.1
2015–16 Houston 71 63 28.7 .434 .400 .682 3.5 3.4 1.3 .4 9.9
2016–17 Houston 67 67 30.7 .420 .383 .768 5.9 4.2 1.5 .4 9.5
2017–18 Clippers 11 11 30.4 .403 .400 .824 4.1 2.9 1.7 .5 12.2
2018–19 Clippers 78 49 27.4 .407 .397 .780 5.0 3.8 .9 .6 7.6
2019–20 Clippers 51 50 26.3 .431 .388 .660 5.2 3.6 1.1 .5 7.9
2020–21 Clippers 37 34 22.5 .423 .397 .800 3.2 2.1 .8 .8 7.5
2021–22 Timberwolves 58 54 25.4 .406 .343 .722 4.1 4.6 1.2 .9 9.2
Carreira 526 438 27.0 .413 .380 .762 4.1 3.3 1.1 .5 8.9

Playoffs[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2013 Houston 6 5 33.3 .431 .333 1.000 5.5 2.8 1.2 .7 11.8
2014 Houston 6 6 33.7 .380 .318 .700 4.2 1.8 .5 .3 8.7
2016 Houston 5 5 25.8 .270 .214 1.000 4.4 2.2 .4 .4 5.8
2017 Houston 11 11 29.5 .413 .404 .786 5.5 4.2 1.5 .2 11.1
2019 Clippers 6 6 32.5 .426 .433 .750 8.0 4.7 1.0 1.0 9.8
2020 Clippers 8 8 20.8 .513 .364 .500 4.1 2.4 1.0 .4 6.3
2021 Clippers 17 7 19.0 .426 .351 .857 2.4 1.4 .7 .7 4.9
2022 Timberwolves 6 6 32.3 .429 .346 .682 3.2 4.8 1.2 1.3 11.0
Carreira 65 54 28.3 .411 .345 .784 4.6 3.0 .9 .6 8.6

Universitário[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2006–07 Arkansas 35 34 34.4 .427 .386 .812 4.5 3.1 1.7 .4 13.9
2007–08 Arkansas 35 33 33.8 .412 .378 .644 6.6 2.4 1.3 .5 12.1
Carreira 70 67 34.0 .419 .382 .728 5.5 2.7 1.5 .4 13.0

Fonte:[32][33]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Beverley tem um filho e uma filha. Em 7 de maio de 2017, o avô de Beverley morreu horas antes do Jogo 4 das semifinais da Conferência Oeste contra o San Antonio Spurs.

Em 2007, Beverley apareceu no documentário Hoop Reality, a sequência não oficial de Hoop Dreams de 1994.

Referências

  1. «Patrick Beverley | Minnesota Timberwolves». www.nba.com (em inglês). Consultado em 22 de junho de 2022 
  2. «Zoning in on greatness». Chicago Tribune. Consultado em 22 de junho de 2022 
  3. «College Sports News and Recruiting». 247Sports (em inglês). Consultado em 22 de junho de 2022 
  4. «Patrick Beverley's Journey to the Miami Heat | HeatHoops». HeatHoops | A Miami Heat Blog (em inglês). 8 de junho de 2010. Consultado em 22 de junho de 2022 
  5. «Ex-Razorback Beverley talks again about ban». ESPN.com (em inglês). 2 de junho de 2009. Consultado em 22 de junho de 2022 
  6. «Beverley chooses Europe over D-League». ESPN.com. Consultado em 23 de junho de 2022 
  7. «HEAT Acquire Draft Rights to Patrick Beverley». Miami Heat (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2022 
  8. «Latest News | Euroleague». Euroleague Basketball (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2022 
  9. «Rockets Sign Beverley». www.nba.com (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2022 
  10. «Rockets Assign Patrick Beverley to Vipers». OurSports Central (em inglês). 7 de janeiro de 2013. Consultado em 23 de junho de 2022 
  11. «Rockets recall Patrick Beverley from D-League – NBA Blog» (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2022 
  12. «Patrick Beverley 2012-13 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2022 
  13. «Patrick Beverley 2013-14 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2022 
  14. «Rockets Re-Sign Patrick Beverley». www.nba.com (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2022 
  15. «https://sports.yahoo.com/news/patrick-beverley-agrees-to--25-million-contract-to-return-to-rockets-231957898.html». sports.yahoo.com (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2022  Ligação externa em |titulo= (ajuda)
  16. «https://sports.yahoo.com/news/sources-patrick-beverley-to-have-knee-surgery-045937257.html». sports.yahoo.com (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2022  Ligação externa em |titulo= (ajuda)
  17. «Trail Blazers vs. Rockets - Game Recap - November 17, 2016». ESPN (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2022 
  18. «Thunder vs. Rockets - Game Recap - April 16, 2017». ESPN (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2022 
  19. «Rockets Patrick Beverley Named NBA All-Defensive First Team». www.nba.com (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2022 
  20. «Press Release: L.A. Clippers Acquire Seven Players and Draft Pick, Including Beverley, Dekker, Harrell and Williams». Los Angeles Clippers (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2022 
  21. «Clippers vs. Lakers - Game Recap - October 19, 2017». ESPN (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2022 
  22. «Clippers' Beverley out 2 games for knee injury». ESPN.com (em inglês). 10 de novembro de 2017. Consultado em 23 de junho de 2022 
  23. «Sources: Clippers' Beverley has knee surgery». ESPN.com (em inglês). 22 de novembro de 2017. Consultado em 23 de junho de 2022 
  24. «Press Release: L.A. CLIPPERS GUARD PATRICK BEVERLEY UNDERGOES SURGICAL PROCEDURE». Los Angeles Clippers (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2022 
  25. «Patrick Beverley out for season after knee surgery». www.nba.com (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2022 
  26. «L.A. Clippers Re-Sign Guard Patrick Beverley». Los Angeles Clippers (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2022 
  27. Merchant, Sabreena (12 de julho de 2019). «The Clippers have officially re-signed Patrick Beverley». Clips Nation (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2022 
  28. «Clippers' Patrick Beverley suspended». NBA.com: NBA Communications (em inglês). 4 de julho de 2021. Consultado em 23 de junho de 2022 
  29. «Grizzlies acquire Patrick Beverley, Rajon Rondo and Daniel Oturu from Clippers». www.nba.com (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2022 
  30. «Minnesota Timberwolves Acquire Patrick Beverley». www.nba.com (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2022 
  31. «Timberwolves sign Patrick Beverley to 1-year, $13M contract extension». www.nba.com (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2022 
  32. «Patrick Beverley Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 22 de junho de 2022 
  33. «Patrick Beverley College Stats». College Basketball at Sports-Reference.com (em inglês). Consultado em 22 de junho de 2022